Início Destaque PANORAMA: Trovoadas a vista na política picoense

PANORAMA: Trovoadas a vista na política picoense

banner2

Nova crise
A “Rádio Calçada” anuncia por aí que pode se tornar pública a qualquer momento uma nova crise entre o prefeito Walmir Lima e algumas figuras do PTB. E tem mais: comenta-se nos bastidores que no bloco dos petebistas insatisfeitos está também o vice-prefeito Edilson Carvalho. Há quem diga que a relação entre os dois está por um fio.

Mão à palmatoria
Boa parte dos vereadores da bancada que dá apoio ao prefeito Walmir Lima (PT) deu a mão à palmatoria. Eles tiveram que concordar com os vereadores da bancada de oposição, que afirmam que ingressou mais gente no serviço público do que o esperado pela gestão.

Com a mesma moeda
O vereador Evandro Paturi (PT) cismou da peteca e não concedeu aparte aos vereadores da oposição durante a última sessão na Câmara Municipal de Picos. O petista diz que estava apenas pagando com a mesma moeda, já que quando solicita a fala durante os discursos dos oposicionistas também tem o pedido negado.

Vereador Evandro Paturi (PT) – Foto: Reprodução

Em vão
Vereadores governistas estão apelando ao vereador Afonsinho (PP), líder da oposição, para que interceda junto ao senador Ciro Nogueira (PP) em busca da renovação da frota de ambulâncias do SAMU de Picos, mas, segundo aliados do ex-prefeito Gil Paraibano (PP), é mais fácil um pé de coco botar limão do que o senador mover uma palha que possa beneficiar o prefeito Walmir Lima.

Vereador Afonsinho (PP) – Foto: Fabricia Rivas

Mudou de estratégia
O prefeito de Picos, Padre Walmir Lima (PT), andou meio ausente da prefeitura nos últimos dias. O fato gerou muitas especulações, inclusive comentários de que o homem estaria com sintomas depressivos ou em viagem pelo exterior. Mas uma fonte da intimidade do prefeito afirmou a este colunista que o gestor não viajou para lugar nenhum e está vendendo saúde. Walmir Lima apenas escolheu outros prédios do município para trabalhar.

Prefeitura de Picos – Foto: Reprodução

Saia Justa
Para rebater as especulações, Walmir Lima fez uma participação ao vivo na rede social Instagram – a chamada live – informando ao público que estava matando as saudades do prédio da Secretaria Municipal de Educação, local em onde atuou como secretário antes de assumir a Prefeitura de Picos. Na ocasião, algumas pessoas aproveitaram o espaço para interagir e cobrar do gestor o pagamento de salários atrasados e outras melhorias para o município.

Com as barbas de molho
A Polícia Federal deflagrou na manhã da quinta-feira (26) a Operação Argentum, que desarticulou uma organização criminosa que atuava nos estados do Piauí, Maranhão e Ceará. Um empresário picoense encontrou um conhecido ex-prefeito e não teve receio nenhum ao lhe perguntar se não fazia medo a operação ser estendida para a região de Picos. Na dúvida, melhor ficar bem atento.

A espera
A suplente de vereadora picoense Creusa Nunes (PMDB) continua esperando que o prefeito Walmir Lima conclua sua engenharia política. O petista já ofereceu para Creusa a secretaria de Finanças, mas parece que a pasta não agrada a peemedebista, que prefere retornar ao parlamento.

Creusa Nunes – Foto: Reprodução

Inútil
Em Sussuapara, uma liderança política por muitos anos demonstrou ter prestigio diante de sua base, porém, segundo os analistas da política daquele município, o líder deu um passo errado no pleito municipal e está sendo comparado pelos seus adversários a um pé de mandacaru: não dá mais sobra e nem encosto.

Gato escaldado
O assessor de um deputado federal disse que para a eleição do próximo ano o parlamentar vai mapear melhor as lideranças antes de investir. É que no pleito de 2014, seu chefe investiu muito cedo em alguns mestres na arte de ludibriar e os espertos lhe abandonaram no meio da corrida eleitoral. Agora ele prefere não arriscar.


A Coluna Panorama é assinada pelo jornalista Assis Santos, formado em Rádio e TV pelo Instituto ComRadio do Brasil e Coordenador do Departamento de Jornalismo do Sistema de Comunicação de Picos – SCP.

banner2