Início Destaque Professores da zona rural de Picos recebem capacitação do Projeto Viva o...

Professores da zona rural de Picos recebem capacitação do Projeto Viva o Semiárido

Três escolas da zona rural de Picos estão participando do Projeto
banner2

O Projeto Viva Semiárido realizou na manhã de hoje (03) a segunda etapa de uma capacitação com professores das escolas selecionadas pelo programa. As unidades das localidades de Torrões, Tabatinga e Curralinho estão entre as contempladas. A ação foi lançada pela Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) em 2015 e abrange territórios do Vale do Gurguéia, Vale do Sambito, Vale do Guaribas e Serra da Capivara, que cobrem 89 municípios do Estado.

O projeto é executado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) funciona com a co-execução da Seduc, EMATER e Setre. A participação da Seduc se dará no processo de Educação Contextualizada com o Semiárido, voltada para as escolas do campo e no campo, para o meio rural aprender a conviver com a seca e lidar da melhor forma com os recursos e riquezas naturais do semiárido piauiense.

Representantes de escolas na zona rural participaram do encontro

A coordenadora da Educação Contextualizada no Semiárido do Território Vale do Guaribas, Francisca Lisboa, destaca a importância do projeto para os professores e alunos das unidades selecionadas e fala da necessidade de levar para os alunos que estão inseridos no campo, o conhecimento acerca da realidade na qual eles convivem.

“Essa é uma segunda etapa-módulo de uma formação docente em educação contextualizada, em educação do campo do Viva Semiárido. O objetivo maior é fortalecer as questões metodológicas e toda uma sistematização, e que a escola do campo venha cumprir o seu papel quanto educadora, com a missão de educar os nossos filhos e a família do campo e dos agricultores familiares”, comentou.

O coordenador da unidade gestora regional do Projeto Viva o Semiárido, José Manoel Oliveira, destaca que o curso de formação contextualizada visa capacitar professores para atuarem melhor dentro das comunidades rurais, direcionando os olhares para o campo, sobretudo, na região do semiárido.

“O projeto tem uma parte que são investimentos produtivos, onde as pessoas das associações e cooperativas recebem recursos para melhorar a sua estrutura produtiva, sua unidade familiar produtiva e o ‘Educação Contextualizada’, visa formar professores em alguns municípios para que eles possam estar, nas suas comunidades rurais, fazendo um papel diferenciado na educação, tendo um olhar mais voltado para a vida no semiárido. Teve a primeira etapa do curso e estamos fazendo a segunda etapa, e durante esse período também tivemos várias atividades na própria localidade onde está sendo beneficiada”, acrescentou.

O projeto tem como fundamento legal o Acordo de Financiamento entre o Governo do Estado do Piauí e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), sendo o Governo Federal o garantidor do empréstimo.

CONFIRA AS ENTREVISTAS:
FRANCISCA LISBOA-

JOSÉ MANOEL OLIVEIRA-

banner2