Foto: Cidade Verde

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Picos, tenente-coronel Edwaldo Viana, fez na última quarta-feira (20) um balanço dos trabalhos realizados pelo órgão de segurança na cidade. Em entrevista ao Grande Jornal, ele falou sobre a criminalidade, reforço do efetivo para 2018 e o saldo de ocorrências registradas em 2017.

Quanto à avaliação dos trabalhos da PM, o comandante afirmou que não houve um bom policiamento devido à população ainda está assustada com as ações de criminosos. “Nós não fizemos um bom policiamento por que a população ainda está assustada. Agora digo o seguinte, venho aqui prestar conta do serviço. Falei de homicídio, foram 17 dos quais somente quatro cidadãos, 13 bandidos envolvidos com drogas, homicídios, estupro, então estes eu não conto como morte, foi limpeza”, explicou.

Com relação a assaltos e furto de veículos, segundo Viana, em 12 meses houveram 94 veículos roubados, dos quais 71 foram recuperados. Segundo ele, a segurança será reforçada com um efetivo de 60 policiais que integrarão a polícia de Picos ainda em janeiro de 2018.

ENTREVISTA: Edwaldo Viana – Avaliação dos trabalhos da PM durante o ano de 2017 em Picos.