Foto: Jesika Mayara

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município de Picos distribui anualmente sementes de milho e feijão para agricultores familiares da região. Estas sementes são oriundas do Governo do Estado e distribuídas para famílias cadastradas, que sejam beneficiadas por programas sociais e que possuam o documento de Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP).

De acordo com o vice-presidente do sindicato, Francisco Pereira de Sousa, o Tito, ainda não há previsão para distribuição das sementes para o ano de 2018.

“Esse ano, infelizmente, por parte do governo do estado, até o momento não foi dado nenhum sinal de que haverá semente para ser distribuída com os agricultores. Eles usam o sindicato como uma ponte interligando ate os agricultores, dessa forma fica mais fácil a distribuição. O sindicato faz a sua colaboração na questão da distribuição para os agricultores, ele não fornece as sementes por não possuir condições financeiras suficientes”, explicou o sindicalista.

Devido às irregularidades das chuvas que tem ocorrido nos últimos anos, não permitiu que os agricultores armazenassem suas sementes para o período chuvoso posterior, o que os deixam à espera do beneficio.

2017

Para 2017, o Governo do Estado distribuiu 210 toneladas de feijão e 100 toneladas de sementes de milho para 45 mil famílias de agricultores familiares em 224 municípios piauienses.

ENTREVISTA: Francisco Pereira de Sousa – Distribuição de sementes