Início Esporte Sem acordo, Piauiense feminino não será unificado com a Copa Batom

Sem acordo, Piauiense feminino não será unificado com a Copa Batom

FFP e Semel não avançam em ideia de unir os torneios, e Estadual terá programação definida na próxima semana. Campeão vai à seletiva para a Série A2 do Brasileiro feminino

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) confirmou a realização do Campeonato Piauiense de futebol feminino sem a relação direta com a Copa Batom, que terá início neste sábado. FFP e Semel estudavam a unificação dos torneios, mas a ideia não foi concretizada. A entidade não detalhou o motivo das competições não terem sido unidas.

– Nós não entramos em acordo com a Semel para que a Copa Batom e o Campeonato Piauiense Feminino acontecessem. Vamos fazer o campeonato de forma separada. Na próxima semana, nós iremos detalhar um pouco mais, junto com as equipes participantes mais detalhes sobre as datas de realização do torneio – afirmou o presidente da FFP, Cesarino Oliveira.

O Campeonato Piauiense de futebol feminino será a porta de entrada para a Série A2 do Brasileiro da categoria. Em 2016, o estadual não aconteceu e o Tiradentes-PI, campeão em 2015, foi o representante do Piauí no nacional deste ano. O Tigre encerrou a campannha em terceiro lugar, eliminado nas semifinais pela Portuguesa.

Cesarino Oliveira afirmou que o campeão do Piauiense Feminino será o classificado para a seletiva da Série A2 do Brasileiro, que mudará de formato em 2018.

A Copa Batom, que chega a 29ª edição, seguirá com sua programação normal. São 16 clubes divididos em quatro grupos: A (Tiradentes, Santa Cruz, Onix e Teresina), B (CEBS, São Paulo The, Santana e Bonsucesso), C (Londrina, Fundação Mateus, SEAC e José de Freitas) e D (Juventude Timonense, São Paulo Caxias, Skill Reed A e Skill Reed B). Os dois primeiros avançam para as quartas, os classificados seguem para as semifinais e a decisão.

Globo Esporte

banner2