Início Destaque Panorama: Começa articulação para sucessão de Padre Walmir

Panorama: Começa articulação para sucessão de Padre Walmir

banner2

Coisa de cinema
Apesar da construção do Conjunto Habitacional Lousinho Monteiro ter começado ainda durante a gestão do ex-prefeito Gil Paraibano (PP), no momento da inauguração das moradias populares o ex-gestor sequer foi convidado a participar da entrega dos domicílios. Alguns seguidores de “Paraibano”, inclusive, disseram que ele ficou igual ao ator Macaulay Culkin no filme “Esqueceram de mim”.

Autoridades vistoriam o Residencial Lousinho Monteiro durante inauguração – Foto: José Maria Barros

Luz Amarela
O vereador Evandro Paturi (PT) anunciou que poderá deixar o Partido dos Trabalhadores no próximo ano. O presidente do diretório municipal da legenda, Zacarias Teixeira, disse que o parlamentar ainda não informou nada ao partido quanto a essa possibilidade. Mas há quem jure de pés juntos que, caso a saída de Paturi se confirme, terá um “dedinho” da “Força Oculta”.

Vereador Evandro Paturi – Foto: Fabrício Sousa

Trampolim
Há fortes rumores de que um dos líderes do movimento que foi criado contra o aumento da tarifa de energia na cidade de Picos está aproveitando o foco no assunto para aquecer seu ingresso na política picoense. Parece que o rapaz entrou na caça ao voto para o pleito de 2020.

Será que vinga?
O empresário Kennedy Braga esteve recentemente reunido com vereadores e lideranças da cidade de Picos ligadas à oposição. O objetivo do empresário é convencer os políticos locais a votarem em um mesmo candidato a deputado federal na eleição do ano que vem. O problema, segundo um observador da política local, é que essa possibilidade é pouco provável, uma vez que determinados integrantes do grupo já foram inclusos em outras negociações no atacado.

Começou
Além do governador Wellington Dias (PT), que deve ser candidato à reeleição no ano que vem, mais dois postulantes ao Palácio de Karnak visitaram a cidade de Picos este mês: os empresários Walter Alencar Rebelo (PSC) e Fábio Sérvio (Patriotas).

Fábio Sérvio (Patriotas) – Foto: Assis Santos

Não desistiu
Engana-se quem pensa que o empresário Júnior Nobre (PSC) desistiu da política picoense. Apesar de se afastar dos holofotes, ele não parou percorrer as comunidades picoenses. E após passar o ano calado e avaliando a atual gestão, garantiu que deverá mudar de postura no ano vem.

Júnior Nobre – Foto: Arquivo Pessoal/Facebook

Pensando longe
Ao que tudo indica, o MDB de Picos está determinado a retomar o comando do Palácio Coelho Rodrigues em 2020. Segundo fontes ligadas à legenda, a estratégia dos caciques da sigla é repatriar lideranças importantes que estão afastadas e cooptar mais representantes de outros partidos.

Chupando o dedo
Segundo um experiente político picoense, caso essa projeção referente ao MDB de Picos se configure, os petebistas que já manifestaram o desejo de ter candidatura própria na sucessão do prefeito Walmir Lima (PT) poderão até ter um candidato, mas sem o apoio do mandatário e ainda correndo o risco de ficarem chupando o dedo.

Anonimato
Apesar de estar localizado a menos de 30 quilômetros da cidade de Picos, o município de Paquetá parece viver isolado do planeta. É que mesmo com os vários meios de comunicação existentes na atualidade, ainda parece ser mais fácil conversar com os índios que vivem isolados na Amazônia do que com um membro da gestão municipal. Por que será?

Investindo em outras praças
Tem uns ex-prefeitos de municípios vizinhos a Picos que investiram em outras regiões do estado. A estratégia deles é se passar por “quebrados” em seus municípios de origem para não ter que ajudar os apaniguados que estão tão lisos que já não andam, escorregam.


A Coluna Panorama é assinada pelo jornalista Assis Santos, formado em Rádio e TV pelo Instituto ComRadio do Brasil e Coordenador do Departamento de Jornalismo do Sistema de Comunicação de Picos – SCP.

banner2