O governador Wellington Dias (PT) afirmou, na sexta-feira (29), que o Piauí será o primeiro Estado brasileiro a ter em todos os seus 224 municípios com ensino técnico, já que falta a implantação em apenas oito municípios, o que deve ocorrer no próximo ano.

Wellington Dias informou que o Piauí também ser em 2018 o primeiro Estado ou província do mundo a ter ensino superior em seus 224 municípios. De acordo com o governador, restam apenas 78 municípios para a universalização do ensino superior nos 224 municípios piauienses, que será concluída em 2018.

“São passos largos e importantes para o desenvolvimento e eu sei da importância da educação nessa área. Além disso, crescemos e vamos prosseguir crescendo na área da educação de jovens e adultos e também na área social, no atendimento das crianças, idosos, das pessoas com deficiência, apoio ao homem e à mulher do campo. O objetivo é trabalhar para quem precisa”, afirmou Wellington Dias.

O governador declarou ainda que na reunião que terá, neste sábado (30), com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, que anunciou, na sexta-feira, sua decisão de sair da política, será para tratar da concretização da votação do projeto de securitização das dívidas dos Estados; a regulamentação da Lei Kandir, que distribui para os Estados exportadores recursos arrecadados pelo Governo Federal, através do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

“Os governadores das regiões Sul e Sudeste tiveram uma reunião. Nós tivemos uma reunião de governadores do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Agora, nós vamos alinhar a pauta que interessa às cinco regiões do Brasil”, adiantou Wellington Dias.

Dias declarou que o Piauí recebe R$ 30 milhões por ano da Lei Kandir, mas deve receber mais porque as exportações do Estado estão aumentando em 2018.

Meio Norte