Início Destaque Candidata ao Governo do Estado pelo PSTU visita Picos nesta manhã (15)

Candidata ao Governo do Estado pelo PSTU visita Picos nesta manhã (15)

Luciane Santos (PSTU)

A candidata ao Governo do Estado do Piauí pelo PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado), Luciane Santos, realizou uma caminhada política em Picos na manhã deste sábado (15). Acompanhada de correligionários e simpatizantes, Luciane percorreu a Avenida Getúlio Vargas, a feira livre e concluiu o movimento na Praça dos Passarinhos, Centro da cidade.

À nossa reportagem a candidata falou da motivação para concorrer ao Palácio de Karnac. “Nós do PSTU somos um partido que se organiza antes, durante e depois das eleições. Nós entendemos que as eleições que acontecem de dois em dois anos não mudam a realidade de vida da classe trabalhadora, mas como nós somos um partido político, a gente se apresenta nessas eleições como uma alternativa para os trabalhadores e nós nos colocamos à disposição para defender intransigentemente o direito dos trabalhadores e fazer um chamado à rebelião. Os trabalhadores precisam se organizar para manter os seus direitos, para conquistar novos direitos e mais do que isso, eles precisam se organizar para governar o país e o estado, porque afinal de contas somos nós que produzimos toda riqueza na nação”.

Luciane afirmou ainda que o seu partido está sofrendo um boicote da mídia por conta da limitação de tempo. Ela explica que na TV, por exemplo, o grupo tem apenas cinco segundos de espaço, além da exclusão dos debates políticos realizados pelas emissoras.

“Teve recentemente uma pesquisa de intenção de voto em Piripiri, onde o nosso nome nem foi citado na pesquisa, então é um boicote que a gente está sofrendo nacionalmente e no estado do Piauí, mas a avaliação que nós fazemos é que está sendo uma campanha vitoriosa. Onde a gente chega apresentando o nosso programa os trabalhadores nos recebem de braços abertos, porque afinal de contas a gente está passando por uma crise econômica, uma crise política, social que não é sentida por todos os setores da sociedade, apenas os trabalhadores sentem essa crise e quando a gente chega para conversar com os trabalhadores e coloca as nossas propostas, que não é apenas uma proposta eleitoreira, é uma proposta de vida, é uma proposta que vai atacar a crise que foi jogada nas costas dos trabalhadores”, declarou.

A candidata falou ainda da decisão do partido em não fazer coligações com outras siglas, ela argumenta que foi uma opção não se aliar a outros partidos, entretanto, segundo ela, o PSTU está acompanhado da classe trabalhadora, movimentos sociais e a população da periferia.

Luciane Santos deixou uma mensagem para os picoenses e avaliou a caminhada na cidade.

“A receptividade foi muito boa, a gente chegou aqui na feira, apresentou os nossos santinhos, as pessoas ficaram meio surpresas, porque nós não temos tempo de TV, então algumas pessoas não conheciam a gente, mas quando conheceram disseram que é isso mesmo, que os trabalhadores têm que se organizar, a gente foi muito bem recebido e a impressão que a gente sai da cidade é a melhor possível. Trabalhadores, moradores de Picos, o povo pobre que reside nessa cidade, nós fazemos um chamado a todos vocês a se organizarem, a lutarem pelos seus direitos”, concluiu.

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA DE LUCIANE SANTOS-