Início Destaque PANORAMA: Guerra entre “Homem de Ferro” e “Força Oculta” continua após disputa...

PANORAMA: Guerra entre “Homem de Ferro” e “Força Oculta” continua após disputa pela Câmara

Sessão na Câmara Municipal de Picos

Rápido no dedo
Antes mesmo de acontecer a sessão que elegeu o vereador Irmão Zé Luís (PTB) como presidente da Câmara Municipal de Picos para o próximo biênio, o prefeito Walmir Lima (PT) já havia exonerado os quatro aliados do deputado Nerinho (PTB) que ocupavam pastas na gestão municipal. Segundo o gestor, a cúpula petebista se comportou como uma espécie de peixe que tem como características principais serem vorazes, briguentos e traiçoeiros. Qual será o nome desse peixe?

Teatro por um dia
A classe das artes cênicas de Picos, que há décadas luta pela construção de um teatro na cidade, poderá contar com um espaço para suas atividades mesmo que ainda de forma improvisada. É que como o atual presidente da Câmara Municipal de Picos, vereador Hugo Victor (MDB), garante que a eleição de Irmão Zé Luís (PTB) como próximo mandatário da Casa não passou de uma encenação, quem sabe os artistas cênicos possam também promover seus espetáculos teatrais no espaço.

Vale tudo
O vereador Irmão Zé Luís afirmou que a votação que o elegeu presidente Câmara Municipal de Picos para o biênio 2019-2020 ocorreu dentro da legalidade jurídica. O “Abençoado” reforça que a partir de janeiro do próximo ano o atual mandatário deverá se sentar em uma cadeira menos confortável.

Irmão Zé Luís (PTB) e Hugo Victor (MDB) – Fotos: Reprodução

Por um fio
Comenta-se nos bastidores da política local que antes da eleição para escola da nova Mesa Diretora da Câmara de Picos, os vereadores que já faziam oposição ao prefeito Walmir Lima (PT) estavam confinados em um local reservado e sob um forte esquema de segurança, mas ainda assim chegaram a ser tentados por um aconselhador de outro grupo político. Segundo uma fonte próxima, este só não conseguiu êxito em sua empreitada porque no confinamento havia um pitbull e um rottweiler.

De olho em um remo
Após o PTB desembarcar da nau comandada pelo prefeito Walmir Lima, parece que os ânimos de alguns petistas que vinham reclamando de desprestígio por parte do gestor finalmente se acalmaram. Nos últimos dias, até mesmo os companheiros ligados ao vereador Wellington Dantas, que até então viviam ‘tiriricas da vida’ com o prefeito, voltaram a acompanhar o padre nas solenidades oficiais. Pelo visto, estão de olho em um dos remos que estavam nas mãos dos petebistas.

Indo às compras
Segundo uma fonte deste colunista, após o Instituto BR/VOX divulgar os números da pesquisa de intenção de votos para deputado estadual na cidade de Picos, onde o deputado Severo Eulálio (MDB) apareceu com baixo percentual das intenções de voto, uma operação força tarefa foi montada. De acordo com a fonte, a estratégia em torno de “Severinho” foi definida por um ex-político com larga experiência e busca criar, conquistar e cooptar o maior número de lideranças possíveis em torno da reeleição do deputado.

Deputado Severo Eulálio – Foto: Reprodução

Botando boneco
Há municípios da região de Picos em que os prefeitos estão tendo trabalho com os vereadores de seus grupos políticos. O motivo: alguns deles só querem seguir seus chefes se participarem das negociações com os candidatos a deputado federal, estadual e até mesmo dos concorrentes ao Senado. Será que cola?

Ressentidos
Parece que alguns integrantes do Partido dos Trabalhadores ainda não digeriram o fato da bancada dos Progressistas ter votado favorável ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). O partido é presidido nacionalmente pelo senador piauiense Ciro Nogueira, por isso, sob essa alegação, há petistas por todas as regiões do estado afirmando que não votarão em Ciro, que fará parte da chapa a ser apresentada pelo governador Wellington Dias (PT). Pelo visto, Jesus Rodrigues (Psol) e Wilson Martins (PSB) herdarão os votos dos companheiros mais ranzinzas.

Ciro Nogueira, Jesus Rodrigues, Wilson Martins e Regina Sousa

Apagado
O presidente estadual do Progressistas, deputado Júlio Arco Verde, disse que entre os integrantes do PT de Picos só não vota no senador Ciro Nogueira o prefeito Walmir Lima. Mas, segundo Júlio, o padre faz uma gestão desastrosa e por isso não seria um bom cabo eleitoral.

Pediu prudência
Para o presidente estadual do Partido do Trabalhadores, Assis Carvalho, caso os petistas não votem no senador Ciro Nogueira, evidentemente os progressistas não irão votar na senadora Regina Sousa (PT). Na visão do deputado, caso isso venha a acontecer, a principal prejudicada será a petista. Carvalho disse que não é prudente o partido apoiar candidatos fora da coligação.

Deputado federal Assis Carvalho (PT) – Foto: Reprodução

Na contramão
O pré-candidato a deputado federal José de Andrade Maia Filho, “o Mainha”, tem conseguido apoio em importantes colégios eleitorais da região de Picos. Mas pelo visto não conseguiu ainda empolgar os ex-deputados Tadeu Maia e Tadeu Maia Filho – seu tio e primo, respetivamente – que, ao que tudo indica, estarão no palanque da oposição ao governador Wellington Dias.

Mainha – Foto: Arquivo

A Coluna Panorama é assinada pelo jornalista Assis Santos, formado em Rádio e TV pelo Instituto ComRadio do Brasil e Coordenador do Departamento de Jornalismo do Sistema de Comunicação de Picos – SCP.