banner2

Uma confusão entre membros de uma mesma família, na noite desta segunda-feira (4), no bairro Cidade de Deus, terminou com Domingos João Pereira, 32 anos, atingido a golpes de faca por sua enteada, uma adolescente de 16 anos. O homem ainda chegou a ser socorrido e levado com vida para o Hospital Regional Justino Luz, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 5h da madrugada desta terça-feira (5).

O delegado Rodrigo Morais, que está à frente da investigação, afirmou que a polícia investiga a hipótese de legítima defesa. “Existem indícios de que a menor tenha agido em legítima defesa. A vítima estava agredindo a sua mãe momentos antes da consumação do fato. E esses indícios ficarão a cargo do Poder Judiciário averiguar se houve ou se não houve”, explica.

Ainda conforme o delegado, a violência doméstica praticada por Domingos João antes de ser atingido pela adolescente não teria sido um episodio isolado. “Não foi um fato isolado. Ele rotineiramente ameaçava tanto a menor quanto sua mãe”, pontua.

O delegado relata parcialmente o contexto do crime. “A Polícia Militar foi chamada ao local para conter uma confusão preliminar, inclusive no intuito de prender o senhor Domingos, que estava ameaçando com uma faca a sua enteada. Só que a polícia chegou e não o encontrou, ele fugiu, pulou o muro da casa. Depois que a Polícia Militar se retirou, aconteceu este fato”.

Após ser atingido pelos golpes de faca, Domingos João foi levado para o hospital e submetido a procedimentos cirúrgicos, mas não resistiu. A enteada foi apreendida e encaminhada ao Complexo de Defesa da Cidadania (CDC) de Picos.

Procurado, o Conselho Tutelar de Picos disse não estar ainda ciente do caso.

banner2