Joaquim Guedes e Gláuber Silva - Foto: Assis Santos

O Partido Comunista do Brasil (PC do B) de Picos definiu na última terça-feira (12) a nova executiva do partido. A decisão se deu pouco mais de dois meses da realização da Conferência que elegeu o Comitê Municipal. A demora estava em torno da busca de um consenso, já que dois camaradas se lançaram candidatos a presidente do partido: o advogado Gláuber Silva e Joaquim Guedes, que cumpria seu segundo mandato.

O PC do B que tem como presidente estadual, o ex-deputado federal Osmar Júnior, definiu os dirigentes da sigla a nível municipal a partir de um consenso dentro do próprio partido. Guedes continua como presidente em seu terceiro mandato consecutivo e Gláuber Silva como vice-presidente da sigla.

“Sempre trabalhamos com o foco de evitarmos, e fazermos o possível para, mesmo tendo camaradas dispostos a estarem assumindo os cargos principalmente da liderança, mas que a gente pudesse evitar as disputas mantendo assim a unidade do partido, e mais uma vez o partido conseguiu essa unidade”, explicou Guedes.

Sobre a demora na definição da executiva, o novo presidente alegou incompatibilidade de datas com membros do partido além de nomes pré-dispostos a disputar. “É natural e bom, por que nós precisamos saber que temos camaradas com disposição, preparo, condições e competência de assumir a direção do partido. Por isso consumimos esse tempo para que o resultado fosse o que realmente aconteceu primando pela unidade do partido”, disse.

Sobre a desistência de pleitear a presidência do partido, Gláuber Silva justificou que colocou seu nome a disposição defendendo um “gás novo” para a sigla, mas, segundo ele, abdicaria sua candidatura para apoiar quem tivesse a maioria. “A maioria entendeu que o Joaquim Guedes, pela experiência, pela parte administrativa que desde a década de 90 já faz no PC do B continuasse na presidência, e me elegeu vice-presidente. Eu fiquei muito orgulhoso por que sei que vamos trabalhar em harmonia, em sintonia como sempre fizemos”, contou.

ENTREVISTA: Joaquim Guedes e Gláuber Silva – Presidência do PC do B