Início Destaque Professores só retornarão às atividades após o Governo do Estado cumprir determinação...

Professores só retornarão às atividades após o Governo do Estado cumprir determinação judicial

banner2

Mesmo após a determinação do Tribunal de Justiça do Piauí, através do desembargador Dr. Joaquim Santana, pelo cumprimento do acordo firmado em março deste ano, entre o Governo do Estado e o Sindicato dos Trabalhadores da Educação Básica (SINTE), os professores ainda mantêm a greve da Rede Estadual de Ensino do Piauí.

De acordo com a diretora regional do Sinte, Gisele Dantas, os profissionais só retomarão as atividades após o governador Wellington Dias cumprir a determinação da judicial, que é de fazer o reajuste dos professores de 6,81% para os profissionais do magistério público da educação básica ocupantes de cargos efetivos e 3,15% para o pessoal de apoio técnico e administrativo da educação básica ocupante de cargo efetivo, retroativos a maio.

No documento, o desembargador define que a categoria deverá encerrar a greve, sob pena de multa diária de 15 mil reais e ainda corte no ponto com descontos no salário. Entretanto, ele coloca que a multa só será aplicada após do Governo do Estado cumprir a decisão tomada pelo mesmo.

Confira trecho do documento:

Determino, ainda, a interrupção do movimento grevista promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação Básica (SINTE), após o cumprimento desta decisão pelo Estado do Piauí, com o retorno dos trabalhadores da educação básica aos postos de serviços e ao exercício de suas atividades na capital e no interior do Estado do Piauí, sob pena de multa diária no valor de R$ 15.000,00 (quinze) mil reais e corte de ponto e descontos nos salários dos servidores que descumprirem.

A nossa equipe conversou com Gisele Dantas sobre a vitória dos profissionais em educação nessa ação judicial.

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA COM GISELE DANTAS-

VEJA O DOCUMENTO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PIAUÍ

DECISÃO JUDICIAL

 

banner2