Oliveiro Luz - Foto: Wesley Monteiro

O intenso calor das últimas semanas pode sofrer uma trégua nos próximos dias. Isso porque a meteorologia aponta a chegada da chuva em algumas áreas isoladas do território piauiense. Mas, com o retorno da chuva, voltam também problemas já conhecidos da realidade dos picoenses: os alagamentos, desmoronamentos e deslizamentos de terra.

Preocupado com as consequências de um inverno rigoroso, o coordenador municipal de Defesa Civil de Picos, Oliveiro Luz, antecipa o alerta e pede atenção das pessoas que vivem em áreas de risco.

“Minha vontade era colocar essas pessoas em áreas que não fossem de risco, mas infelizmente não temos condições. Então, a minha missão é pedir atenção aos moradores das áreas de risco, principalmente dos bairros Paroquial, São Vicente, Passagem das Pedras, Boa Vista, DNER, AABB, Rua São Conrado, Rua Dom Expedito Lopes, todos áreas sujeitas a desmoronamentos de terra”, frisa.

Chuvas fortes

A expectativa, diz Oliveiro Luz, é de que a região tenha um inverno com chuvas regulares. “Essas pessoas, ao verem qualquer risco, procurem abrigo na casa de amigos e parentes. É melhor sair o quanto antes”, avalia.

Outra preocupação do coordenador é com as populações ribeirinhas alocadas às margens do Rio Guaribas. “Em Picos, estreitaram os rios pensando que não vai chover mais”, pondera, acrescentando o risco de alagamentos e inundações: “Vai chover e vai haver alagamentos porque o povo está construindo quase dentro do rio”.

O líder da Defesa Civil pede atenção e pede que as pessoas evitem se colocar em situação de risco. “Faço um apelo a todos os moradores que ao notarem chuvas torrenciais procurem se afastar o quanto antes, para evitar que danos maiores venham a acontecer a seus familiares”, conclui.

ENTREVISTA: Oliveiro Luz – Defesa Civil