Início Destaque Trabalhadores da obra do Novo Fórum de Picos são demitidos sem receber...

Trabalhadores da obra do Novo Fórum de Picos são demitidos sem receber salários e fazem manifestação

Sindicato se reúne com trabalhadores na obra

As obras de construção do novo fórum de Picos são interrompidas e trabalhadores são demitidos sem receber salários atrasados e direitos trabalhistas, por conta disso, os servidores realizaram nesta manhã (12) uma manifestação no prédio em edificação.

A ação contou com a presença de aproximadamente 40 trabalhadores, representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil de Picos (Sintricompi) e Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Picos. A empresa responsável pela obra é a Construtora DANTEC.

O técnico de instalações da Obra, Vicente Rodrigues, fala que os problemas começaram desde o começo da construção, em 2016 e que a partir de dezembro do ano passado, se agravaram. Ele fala que seus colegas são pais de famílias e estão enfrentando problemas financeiros por conta dos atrasos salariais. Rodrigues destacou ainda que a empresa responsável não deu nenhuma satisfação a eles.

Técnico de instalações da Obra, Vicente Rodrigues

“Nós estamos aqui por questões de direitos, o pessoal está à espera, são pais de família, trabalharam […]. A empresa fica em silêncio total, o pessoal fica no desespero, tem outra questão grave que é a do FGTS, que não tem depósito de ninguém”, falou Vivente Rodrigues.

O presidente da OAB de Picos, Frank Bezerra, fala que a instituição vem acompanhando a obra e tem atuado para que, principalmente, os direitos trabalhistas dos servidores sejam cumpridos. Ele falou ainda que já procurou representantes do Tribunal de Justiça para que medidas fossem tomadas a fim de que os pagamentos sejam feitos e os operários não fiquem desassistidos.

Presidente da OAB de Picos, Frank Bezerra

“A OAB é uma das instituições que vem acompanhando a obra desse fórum há muito tempo, desde seu alicerce. E nossa preocupação também, sempre foi grande no sentido de que todos os direitos trabalhistas fossem cumpridos por parte da empresa, infelizmente desde o ano passado a gente vem constatando irregularidades e atrasos e sempre provocamos o Tribunal de Justiça para fazer com que sejam cumpridos esses direitos trabalhistas”, enfatizou Frank Bezerra.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil de Picos, Tiago Barroso, conversou com os operários e afirmou que está lutando para que os trabalhadores possam receber seus salários e todos os direitos trabalhistas que estão pendentes.

Presidente Sintricompi, Tiago Barroso

“Desde o ano passado a gente já vem lutando com a Dantec para garantir alguns direitos. O 13º a gente teve que expor, teve que procurar algumas rádios, teve que procurar o TJ [Tribunal de Justiça], assim como também os pagamentos de cesta básica, outras coisas que estavam sendo questionadas na época e a gente teve que publicizar, porque a nossa briga interna, os trabalhadores não estavam conseguindo e a gente teve que expor para a sociedade”, declarou.

O representante sindical afirma que a empresa perdeu a obra por conta da quantidade de irregularidades que cometeu.

A equipe do Grande Jornal tentou contato com a empresa responsável pela obra, a Dantec, mas não conseguiu nenhuma resposta. Há informações de que o escritório da empresa em Picos foi fechado.

 

CONFIRA OS ÁUDIOS:
VICENTE RODRIGUES:

FRANK BEZERRA:

TIAGO BARROSO: