Ciro Nogueira e Walmir Lima

O senador Ciro Nogueira (PP), candidato a reeleição, fez severas críticas ao prefeito de Picos, Walmir Lima (PT), em um vídeo publicado no Youtube na página do Política Dinâmica de Teresina. Ele declarou firmemente não querer ligação de sua imagem com o gestor picoense e ainda disse recusar reconhecer que o prefeito é um sacerdote da Igreja Católica.

No vídeo ele repete várias vezes que a administração de Walmir Lima é um desastre e que ele se recusa a andar na rua. Ciro citou como exemplo a passeata promovida pelo governador Wellington Dias (PT) em 09 de setembro, data em que o governador, candidato a reeleição, juntamente com apoiadores e simpatizantes, realizaram um ato político na cidade, e que mesmo partilhando da mesma sigla, não contou com a participação do prefeito.

Veja o vídeo!

Resposta

Em nota divulgada à imprensa no fim da tarde desta terça-feira (18), o prefeito de Picos Walmir Lima (PT) revidou as críticas dizendo que nunca foi cogitado votar e apoiar o referido senador pelo seu histórico de ações contra o povo e contra a democracia. No texto o gestor lembra, segundo ele, da “traição” de Ciro com Dilma, Lula e o povo brasileiro.

Dentre outras afirmações, Walmir diz que quem não quer vínculo algum com a imagem do senador é ele, por seu histórico de “destrabalho” contra a população, e pelo seu histórico de acusações e investigações de corrupção durante seus mandatos e pelo seu apoio ao presidente Michel Temer.

Confira a nota na íntegra:

Em relação às declarações do senador Ciro Nogueira (PP) veiculadas em vídeo, pelo colunista do Política Dinâmica, ontem (17), viemos aqui, de forma muito tranquila, dizer que nunca cogitamos votar e apoiar o referido senador pelo seu histórico de ações contra o povo e contra a democracia. Basta lembrar de sua traição com Dilma, Lula e o povo brasileiro. Ele votou a favor do impeachment da presidente Dilma. Um voto contra a democracia, contra o povo. Ele também votou a favor da reforma trabalhista, que castiga o trabalhador, que é quem dá sustentação a nosso país. Ele também apoia a reforma previdenciária, que afeta os pobres. Quem perde com isso tudo? A população.

Podemos listar muitos motivos para não apoiar essa candidatura e é por isso que não somos incoerentes, saindo em caminhada pelas ruas de nossa cidade ao lado de um político que muito luta contra nosso povo. Senador Ciro, quem não quer vínculo algum com sua imagem somos nós, por seu histórico de “destrabalho” contra a nossa população, pelo seu histórico de acusações e investigações de corrupção durante seus mandatos, pelo seu apoio ao presidente Michel Temer.

Ao contrário disso, nossa administração está pautada no trabalho por nossa cidade, está pautada em obras e ações, que fazem a diferença na vida das pessoas. Temos tomado medidas no sentido de organizar nossa Picos, com ações educativas, com apoio aos trabalhadores. Durante a nossa gestão, temos realizado muitas obras de calçamento e de asfalto por toda a cidade, dos bairros centrais aos periféricos, que foram esquecidos, durante muito tempo, por outras administrações.

Respondemos ao senhor, com mais trabalho e mais obras, contando com o apoio de quem sempre fez e faz por Picos. É assim que escolhemos nossos candidatos, pelo trabalho realizado, pelo ombro a ombro com nossa gestão, com nossa cidade, com nosso povo. Porque estamos acima disso, acima de sua rejeição, de seu empenho em atingir quem trabalha por nosso Piauí.

Padre Walmir Lima