Início Destaque FMS é alvo de inquérito por irregularidades no transporte de pacientes

FMS é alvo de inquérito por irregularidades no transporte de pacientes

banner2

O Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI) instaurou um inquérito civil público através do promotor de Justiça Eny Marcos Vieira Pontes, contra a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, após constatar irregularidades no transporte inter-hospitalar de pacientes da capital.

O promotor afirmou que a precariedade no qual o serviço é prestado foi constatada durante a realização de uma inspeção realizada em conjunto com representantes do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI).

Após ser notificada sobre a instalação do inquérito, a FMS terá que prestar esclarecimentos ao órgão ministerial, além de promover melhorias para adequar os serviços e torná-lo seguro e um ambiente saudável para os pacientes e profissionais da saúde.

Outro lado

Em resposta ao inquérito instaurado pelo Ministério Público do Piauí, a FMS relatou que o serviço de transporte de passageiros inter-hospitalar é recente e que está providenciando novas ambulâncias para prestar os serviços. Confira a nota:

A propósito da nota divulgada hoje (10), no site do Ministério Público do Piaui e para a imprensa, onde o titular da 29 Promotoria de Justiça de Teresina, Dr. Eny Marcos Vieira Pontes, fala a respeito do transporte interhospitalar, de pacientes e servidores em Teresina, a Fundação Municipal de Saúde esclarece o seguinte:

1- Com frequência a FMS toma conhecimento destas notícias através da imprensa,como neste caso, em que ainda tenha sido notificada pelo referido promotor.

2- O serviço de transporte entre hospitais da rede pública de Teresina é um serviço recente. Ele foi implantado levando em consideração as dificuldades da população assistida pelo SUS.

3- A FMS reconhece o estado de conservação de alguns carros que prestam este serviço e que está comprando,com recursos próprios,seis novas ambulâncias.Duas ambulâncias serão para servir de reserva para o SAMU que teve,no ano passado,toda a sua frota renovada.As outras quatro ambulâncias que a FMS está conprando será para o serviço de transporte de pacientes entre hospitais.

4- Este serviço o qual o MP-PI se refere não transporta servidores da saúde municipal porque ele é exclusivo para realizar transferência de pacientes.Transferências estas que visam melhor cuidar das diversas doenças ou realizar exames de alta complexidade fora do local de internação.

5- O transporte interhospitalar oferecido pelo SUS Teresina é importante e realiza uma média de 80 transportes/dia. Muitas vezes os carros circulam mais que as próprias ambulâncias do SAMU.

Fonte: Viagora

banner2