Início Destaque Ladeira de Fátima contará com terceira faixa e redutor de velocidade, obras...

Ladeira de Fátima contará com terceira faixa e redutor de velocidade, obras já foram iniciadas

Comitiva visitou local que receberá as obras

Conhecida como “ladeira da morte”, o quilômetro 296, da BR-316, na altura da ladeira de Fátima do Piauí é um dos trechos mais perigosos da região de Picos. Isso porque, o número de acidentes registrados, sobretudo, com veículos de grande porte, é assustador.

Por conta das estatísticas de acidentes, o local receberá uma terceira faixa, sinalização e redutor de velocidade. As obras tiveram início na última segunda-feira (09) e segundo o superintendente do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Ribamar Bastos, devem seguir de 45 a 60 dias.

Na manhã de hoje (13), uma comitiva formada por representantes do DNIT, engenheiros da empresa responsável pela obra, a Sucesso; o senador Elmano Férrer – que articulou, junto ao Governo Federal, os investimentos financeiros para a execução da ação- e ainda o pré-candidato a deputado federal, Wagner Torres, visitaram a extensão da BR 316 que receberá a via extra.

Ribamar Bastos fala que além do objetivo de reduzir o número de acidentes no trecho, o trabalho visa ainda agilizar o tráfego de veículos, principalmente nas ladeiras. Ele conta que muitas vezes os carros de passeio não têm agilidade no perímetro por conta das carretas que trafegam em baixa velocidade.

“É uma pista simples, tem muita carreta e a serra tem uma declividade muito íngreme, não permite que os carros pequenos ultrapassem essas carretas, formando filas e filas de carros. Então nós estamos criando uma terceira faixa nessa serra para permitir que as carretas saiam para essa terceira faixa e os carros de passeio fluam normalmente sem ter que esperar subir toda serra. Nós estamos implantando aqui 3,8 km da terceira faixa na serra e colocando uma capa de asfalto novo com 5 cm de espessura”, contou.

O mesmo trabalho será feito no município de Marcolândia, em uma curva, que segundo Ribamar Bastos, tem muitos acidentes.

Elmano Férrer reconheceu a necessidade da obra no trecho que ele define como perigoso. “Creio que com esse serviço que está sendo feito que já começou e deve ser concluído em 45 dias, juntamente com outros serviços que devem ser feitos na serra que dá acesso a Marcolândia, na Chapada do Araripe, cremos que com isso, muitos problemas que ocorriam aqui, nessa BR 316, nesse trecho, não mais ocorrerão”.

Local receberá ainda uma camada asfáltica de 5 cm

O pré-candidato a deputado federal e ex-comandante da Polícia Militar de Picos, o coronel Wagner Torres, pontua a importância na iniciativa. Segundo ele, quando trabalhou em Picos, foi testemunha dos inúmeros acidentes que aconteceram no trecho.

“Sou testemunha desses problemas que sempre ocorreram, principalmente na curva de Fátima do Piauí. Muitos acidentes ocorreram, muitas pessoas faleceram e a preocupação do senador é pertinente, e agora é realidade, vai ter o alargamento da BR e com certeza vai melhorar o trânsito e vai evitar muitas mortes e muitos acidentes”, frisou.

Na extensão da BR-316 está sendo feito ainda um trabalho de recapeamento. A terceira faixa será construída até as proximidades da localidade de Gaturiano. Após o processo, será colocada uma faixa asfáltica de 5 cm. O processo está orçado em 150 milhões de reais.

CONFIRA AS ENTREVISTAS- 
RIBAMAR BASTOS-

ELMANO FÉRRER-

WAGNER TORRES-