O pré-candidato a governador pelo PT, Rafael Fonteles, vence as eleições em Esperantina com ampla maioria de votos em todos os cenários, revela pesquisa do Instituto Datamax. Esperantina é a terra do pré-candidato a governador na chapa governista, deputado Themístocles Filho (MDB).

Na modalidade estimulada, ele teria 36,50% dos votos se a eleição fosse hoje. Sílvio Mendes, do União Brasil, aparece com 18,50% das intenções de voto. Major Diego (PL) vem em seguida com 1,75%; Gessy Fonseca (PSC), 1%; Geraldo Carvalho (PSTU), 0,75%; Ravena Castro (PMN), 0,50%; Gustavo Henrique Senador (Patriota), Alessander Mendes (Podemos) e Madalena Nunes (PSOL) vêm em seguida com 0,25% cada. Não sabem ou não quis opinar somam 30,75% e Nulo e branco, 9,50%.

Na pesquisa espontânea, Rafael foi citado por 9,75% dos entrevistados, quase o dobro dos 5,75% dos que citaram Sílvio Mendes. Também foram citados espontaneamente Wellington Dias por 5% dos entrevistados, PT (1,50%); Apoiado pelo Themístocles Filho (0,25%), Themístocles Filho (0,25%); Ivanária Sampaio (0,25%) e Madalena Nunes (0,25%). Não sabe ou não quis opinar, 74,75% e 2,25% disseram que vão anular o voto ou votarão em branco.

Considerando os apoios, Rafael Fonteles avança mais de 30 pontos percentuais à frente do principal adversário – com apoio do ex-presidente Lula, ele teria 57% dos votos de Esperantina hoje, contra 16,50% de Sílvio Mendes apoiado pelo ministro da Casa Civil do Governo Bolsonaro, Ciro Nogueira (Progressistas).

Major Diego, apoiado por Jair Bolsonaro, vem em seguida, com 7,75%; Gessy Fonseca, apoiada por Pastor Everaldo, tem 1%; Alessander Mendes, apoiado por Renata Abreu, 0,50%; Madalena Nunes, apoiada por Juliano Medeiros, Ravenna Castro, apoiada por Carlos Massarollo, e Geraldo Carvalho (PSTU), apoiado por Zé Maria, têm 0,25% cada. Não sabe ou não quis opinar soma 11% e Nulo ou branco, 5,50%

FICHA TÉCNICA – A pesquisa do Instituto Datamax foi realizada no dia 19 de junho, com 400 entrevistados nas zonas urbana e rural de Esperantina, distribuídos por cotas de sexo, idade, grau de instrução e renda em relação ao eleitorado do município.

A margem de erro é de 4,86% e nível de confiança de 95%. Foi encomendada pelo portal SC Comunicação e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), sob o número PI-04910/2022, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número BR-04916/2022.

Wellington tem mais de 50 pontos percentuais à frente de pré-candidato do Progressistas

O ex-governador Wellington Dias (PT) teria 54,75% dos votos para senador em Esperantina se as eleições fossem hoje, revela a pesquisa Datamax, na modalidade estimulada. É mais de 50 pontos percentuais acima das intenções de voto do pré-candidato a senador do Progressistas, Joel Rodrigues – 4,50%.

Fábio Sérvio (Podemos), com 3,25%; Professor Ajosé (PMN), 1,50%; e Nel Lopes (PTB), com 1%, aparecem na sequência. Não sabe não opina contabiliza 24% e Nulo ou em branco, 11%. Na pesquisa espontânea, Wellington Dias foi citado por 12,75% dos entrevistados e Joel Rodrigues por 1,25%.

Também foram lembrados: Teresinha, Robert Rios, Limma, Ciro Nogueira e Fábio Sérvio, todos por 0,25% dos entrevistados. Não sabe ou não opina soma 82,75% e Nulo e em branco, 2%.

Lula lidera com larga vantagem na estimulada e espontânea

Na pesquisa para Presidente, Lula (PT) tem liderança absoluta tanto na estimulada quanto na espontânea. Na estimulada, ele aparece com 71% das intenções de voto em Esperantina; Jair Bolsonaro (PL) tema apenas 14,50%. Ciro Gomes (PDT) vem em seguida com 4,25%; André Janones (Avante) 0,75%; Simone Tebet (MDB) e Pablo Marçal (PROS) têm 0,50%; e Vera Lúcia (PSTU), 0,25%. Não sabe ou não quis opinar soma 5% e Nulo e branco, 3,25%.

Na pesquisa espontânea, Lula foi citado por 60% dos entrevistados, contra 13,50% que disseram que votarão em Bolsonaro e 2,50% de Ciro Gomes. Também foram citados Pablo Marçal, PT, Simone Tebet e Aldo Rebelo, com 0,25%. Não sabe ou não opina totaliza 20% e Nulo e branco somam 3%.

180 Graus