Foto: Reprodução

A reportagem do Grande Jornal foi às ruas de Picos nesta terça-feira, 21, saber a opinião da população sobre mais um aumento nos preços da gasolina e do diesel. A Petrobras anunciou na última sexta-feira (17), novos reajustes nos preços da gasolina e do diesel em suas refinarias. A gasolina subiu 5,18% e o diesel, 14,26%.

O senhor Railson Pereira trabalha com transporte de passageiros e explica que com o preço da gasolina já cogitou procurar outra profissão.

“Está difícil, o jeito é parar mesmo, não tem condições de trabalhar com o jeito que está muito caro mesmo, já aumentei a passagem ou amenta ou não trabalha, os clientes reclamam do aumento, mas não posso fazer nada”, lamentou.

O professor de história, Itamar da Silva, explicou que o aumento afeta de forma direta a qualidade de vida das pessoas juntando com a inflação e o desemprego geral, um cenário muito difícil, pois aumenta tudo entre eles os alimentos.

“ Gera um cenário muito difícil principalmente para as classes sociais mais vulneráveis que vai ter dificuldade, é problema sério na questão do alimento, pois o aumento da alimentação também está relacionado com o aumento do combustível”, disse.

Confira as entrevistas

Itamar da Silva

Railson Pereira