Foto Reprodução.

O presidente do Partido dos Trabalhadores no Piauí, Francisco Limma, negou que o governador Wellington Dias vá disputar uma vaga de deputado federal no próximo ano. Nos bastidores a possibilidade foi ventilada após a visita do ex-presidente Lula no estado. Lula teria em Wellington o seu eventual líder de governo no legislativo caso vencesse a eleição presidencial no próximo ano. A proposta também acomodaria os aliados que brigam por espaço na chapa majoritária em 2022.

Limma não gostou muito da possibilidade e revelou que dentro do partido nada a respeito foi discutido. Para o PT, Wellington segue como nome para o Senado.

“Em nenhum momento tenho conhecimento de que isso tenha sido tratado, conversei com a presidente Gleisi com a direção do PT. Ao meu entender isso não está na pauta, se o governador vier a se afastar porque só ele decide no ano que vem, então a nossa impressão é que será para disputar uma vaga majoritária”, concluiu o deputado.

O Dia