Início Destaque Advogado Glauber Silva analisa PEC do voto impresso

Advogado Glauber Silva analisa PEC do voto impresso

Glauber Silva (Foto: Daniela Meneses)

A Câmara dos Deputados instalou uma comissão especial para analisar um projeto que quer tornar o voto impresso obrigatório no país. De autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), a PEC 135/19 não estabelece que o voto seja feito em cédulas de papel, mas propõe que uma cédula seja impressa após a votação eletrônica, de modo que o eleitor possa conferir o voto antes que ele seja depositado, de forma automática e sem contato manual, numa urna trancada para possível auditoria.

O advogado Glauber Silva concedeu entrevista ao Grande Jornal na Rádio Grande FM, e comentou o tema. De acordoo com Glauber, há pelo menos três propostas de voto aditável, porém no ponto de vista do advogado, duas delas são consideradas inconstitucionais e antidemocráticas. E caso uma seja aprovada na comissão, certamente será questionada no Supremo Tribunal Federal (STF).

Glauber falou que muitos brasileiros defendem mudanças na forma de votar, mas que grande parte está relacionada a questões ideológicas, sem nenhum conhecimento sobre as leis brasileiras.

Confira a entrevista em podcast