Início Destaque Creusa Nunes diz que ainda recebeu oferta para ser candidata, mas recusou

Creusa Nunes diz que ainda recebeu oferta para ser candidata, mas recusou

Creusa Nunes - Foto: Reprodução

O juiz da 10ª Zona Eleitoral, Fabrício de Novaes, negou o pedido de anulação da convenção do MDB de Picos, feito pela suplente de vereador, Creusa Nunes. Mesmo cabendo recurso, Creusa já desistiu de concorrer à uma cadeira na Câmara Municipal de Picos, e decidiu abraçar a campanha do seu sobrinho, Gilson Nunes (PTB).

“Eu procurei o meu sobrinho e comecei outra maneira de não ficar fora da política. Procurei Gilson, que é do PTB, e estou apoiando ele como se fosse a minha campanha. Então agora saiu a decisão do juiz, também desfavorável, mas para mim, eu já estava esperando essa decisão, e a campanha do meu sobrinho já estava bem encaminhada e não tinha mais como, mesmo sendo positiva [a decisão do juiz], talvez eu não fosse mais candidata, já estava decidida a apoiar ele”.

Em entrevista à reportagem do Portal Grande Picos, a suplente de vereador afirmou que chegou a receber propostas para ser candidata pela legenda que integra, mas que recusou o pedido.

“Eu já fui procurada nesses últimos dias, pelo pessoal do outro lado, para ser candidata, mas também disse não, porque a campanha do meu sobrinho já está bastante comprometida, eu e ele, e a família também já está bastante comprometida e o eleitor também já está entendendo que Gilson e Creusa é a mesma pessoa e eu vou procurar caminhar nesse mesmo rumo. Chegaram para oferecer [a candidatura] nesses últimos dias, mas eu já tinha feito o compromisso com meu sobrinho e não gosto de voltar atrás […]. Então eu continuei aqui e não aceitei mais a candidatura. Depois de tudo isso, a decepção também já foi muito grande, tanto minha, como da minha família e não tinha mais como aceitar”, destacou.

Creusa Nunes voltou a dizer que após as eleições, ela e sua família deixarão o MDB. “Tem tudo para a gente sair. A família inteira está revoltada, eu acho que não tem mais lugar para nós nesse partido. Vou procurar outro e a família também vai junto”, acrescentou.

A suplente de vereador falou ainda que esperava um posicionamento diferente do MDB durante a convenção e que o fato de o seu nome ser negado de participar das eleições, gerou uma grande decepção com a legenda ao qual, ela e sua família, integram por décadas.

Creusa ainda afirmou que não deixará a política picoense e que em 2024, almeja participar das eleições municipais.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA COM CREUSA NUNES

Veja matérias relacionadas:

Creusa Nunes e Raniery Lima têm nomes barrados em convenção partidária

Família de Creusa Nunes irá pedir desfiliação do MDB