Secretário de Saúde de Picos, Júnior Santos (Foto: Daniela Meneses)

Desde que começou a pandemia do novo coronavírus, notícias falsas têm circulado, não só em Picos, mas em todo país, sobre a infecção e viral. Segundo o secretário municipal de Saúde, Júnior Santos, esse tipo de comportamento atrapalha a luta dos órgãos e profissionais que estão na “linha de frente” contra a doença.

Desde que começaram a realizar os testes rápidos para a Covid-19 em Picos, muitos rumores acerca da eficácia do exame surgiram. Há quem afirma que a análise não seria válida e que os resultados positivos estão incorretos.

O secretário da pasta afirma que a equipe da Saúde do município está trabalhando exaustivamente no enfrentamento à proliferação do vírus e duvidar da responsabilidade e seriedade das ações desenvolvidas, é desumano.

“A Secretaria de Saúde de Picos tem feito seu trabalho, dentro de uma responsabilidade imensa, com muito zelo, com muita responsabilidade. É um período que ninguém nem dorme, essa equipe nossa da secretaria, de tanto resolver problemas em relação a essa pandemia. É um caso sério, é um caso que a população tem que se conscientizar disso e não vamos dar assuntos a fake news, dar assunto a comentários que não venha trazer nada para ajudar no combate. Temos que ter cuidado e responsabilidade e também respeito àquelas pessoas que já faleceram por conta do coronavírus”, disse.

Júnior Santos garantiu que os testes rápidos realizados no município têm eficácia garantida e que os comentários que põem em questão a eficiência do exame, não tem nenhum embasamento.

“Todos eles [os testes] são importantes, todos eles têm a sua credibilidade, agora cada um é para ser feito em um momento da doença. Eu vou falar do teste que nós temos aqui no município. Esse teste, ele acusa a partir do oitavo dia que a pessoa contraiu a doença. Tem uma coisa chamada de ‘janela imunológica’, que é o dia que você contraiu a doença e o dia que ela aparece no exame, que é quando aquela carga viral dele, aquela quantidade de vírus, chega a um valor em que é detectado no exame. Então este teste nosso é um teste bem completo, que ele dá a fase da doença. Ele dá a fase aguda e a fase crônica, ele dosa duas imunoglobulina […]”, explicou.

O secretário pediu ainda o apoio da população na luta contra a pandemia e reforçou a necessidade do isolamento social, uso da máscara e álcool em gel para evitar a proliferação do vírus.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA COM JÚNIOR SANTOS