Gil Paraibano (PP) - Foto: José Maria Barros/GP1

Inquietos
O ex-prefeito Gil Paraibano (Progressistas) pouco tem falado em sucessão municipal. E apesar de ter colocado seu nome à disposição do partido para a disputa pelo Palácio Coelho Rodrigues no ano que vem, ele tem defendido que ainda é cedo para tratar sobre o tema. Segundo um observador da cena política local, esse comportamento não está agradando possíveis aliados que acham que Gil anda em marcha lenta e com o freio de mão puxado.

Atento
Já para alguns líderes mais próximos do ex-prefeito, ele está andando num ritmo condizente com as condições da estradas, ou seja, nas rodovias da sucessão é necessário dirigir com muita calma para enxergar os buracos e também não correr o risco do combustível acabar antes do final do percurso.

Como antes
O prefeito e vice do município de Picos, Padre Walmir Lima (PT) e Edílson Carvalho (PTB), respectivamente, após uma temporada afastados voltaram a posar juntos e dividir o mesmo espaço. Nesta sexta feira (26), durante solenidade com a presença do governador Wellington Dias (PT), os dois estavam tão à vontade que até pareceu a época do “que tá bom, tá, e vai ficar melhor”.

Prefeito Walmir Lima (PT) e Edilson Carvalho (PTB) – Foto: Reprodução

Medo da chuva
O gesto do petista com o petebista deixou algumas lideranças oposicionistas com uma pulguinha atrás da orelha. Há quem diga que essa aproximação poderá desidratar o palanque da oposição. Será mesmo?

Abriu a porta
A porta da antessala do gabinete do vice-prefeito Edílson Carvalho, que desde o rompimento com o prefeito estava fechada, voltou a ser aberta. E agora, será que Carvalho irá despachar no espaço a ele reservado?

Entra ou sai?

Liso
O governador Wellington Dias (PT) possui um apelido por aí que poderia ser facilmente substituído: WD é apelidado de “Índio”, mas bem que poderia ser chamado de Muçum. Isso porque quando é questionado pela imprensa sobre eleição no município de Picos, ele escorrega igual a este famoso peixe no meio da lama.

Voltou
Uma voz que nos últimos meses vinha ecoando contra a gestão do prefeito Walmir Lima (PT) e que se calou por alguns dias, voltou a ser ouvida. Um dos assessores do prefeito, inclusive, disse que essa voz vai ficar igual à canção da compositora Virginia Kheer e interpretada pela dupla sertaneja Chitãozinho & Xororó: Falando às Paredes.

Dote
Com a saída da jornalista Maria Santana (PT) da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos para assumir a direção do Centro Integrado de Especialidades Médicas, o coordenador da pasta, Armínio Carvalho, assumiu a batuta, mas de forma interna. Há quem garanta que o órgão será ocupado por alguém que virá da oposição como uma espécie de dote. Se isso for verdade, quem será que será?

Maria Santana

Ágil
Um ex-prefeito de um município da região de Picos andou um pouco temeroso em relação ao poder que detém sobre seu grupo político e resolveu agir rápido. Dizem que ele abriu sua caixa de guloseimas e atraiu quem esteva de fora da ciranda com chocolates, distribuiu bombos e Chicletes para alguns que estavam com calundu e assim tirou a força de quem poderia lhe ameaçar com a ponta da corda.

Perdeu força
Conhecido por ter um estilo arrojado na forma de fazer política, o ex-governador Wilson Martins (PSB) recebeu o apelido de trator. Mas com duas derrotas consecutivas para o Senado Federal, Wilsão perdeu força e passou a ser chamado de Jericó. Segundo um ex-aliado do socialista, no pleito do próximo ano ele corre risco de se transformar em motocultivador.

Wilson Martins – Foto: Lucas Dias/GP1