Início Destaque Sindicalistas acusam Governo de tentar acabar com entidades no país

Sindicalistas acusam Governo de tentar acabar com entidades no país

Presidente do Sintracs, Marcos Holanda (Foto: Daniela Meneses)

O presidente Jair Bolsonaro tornou mais difícil que um trabalhador faça uma contribuição sindical, que passou a ser opcional, em 2017, na reforma trabalhista aprovada pelo ex-presidente Michel Temer. Às vésperas de os trabalhadores escolherem se querem ou não pagar o imposto que financia os sindicatos, o governo Bolsonaro editou uma medida provisória (MP) mudando regras para fazer a contribuição.

O pagamento terá que ser via boleto bancário a ser enviado para a residência do empregado ou via guia eletrônica para recolhimento do imposto.

Essas e outras medidas, para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Picos (Sintracs), Marcos Holanda, essas e outras medidas objetivam não apenas o enfraquecimento do movimento sindical, mas também o seu fim.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA COM MARCOS HOLANDA