Dudu (Foto: BrasilienseFC)

Pelos quatro cantos do país, este final de semana promete festa com diferentes cores e sotaques. É dia de capitulo final em vários campeonatos estaduais pelo Brasil afora que definirão seus campeões. Quando a bola começar a rolar nas partidas decisivas, três atletas picoenses poderão conquistar títulos com suas respectivas equipes.

E a exemplo do volante Rômulo, que se consagrou campeão gaúcho de 2019 com a equipe do Grêmio, em partida realizada na noite da última quarta-feira (17), jogando em casa, após empate sem gols, contra o Internacional.  O tricolor gaúcho sagrou-se campeão vencendo nos pênaltis o Colorado.

Volante Rômulo – Foto: Arquivo Pessoal

O jovem Dudu entrará em campo neste sábado defendendo o Brasilense, que disputa contra o Gama, o Candangão 2019. O jogo acontecerá ás 16hs no estádio Mané Garrincha, e para levantar o caneco, o Jacaré precisa vencer com três gols de diferença, já que no confronto de ida, o Alviverde venceu pelo placar de 3 a 1. Se ganhar, com uma diferença de dois tentos, a competição será decidida através da cobrança de pênaltis.

Renê, lateral do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

Caso o Brasilense seja campeão estadual, será o segundo título conquistado como profissional pelo volante picoense. Na temporada passada ele foi campeão goiano da segunda divisão com Crac da cidade de Catalão. Mais dois talentos, filhos da Capital do Mel, poderão colocar no peito a faixa de campeão.

Atuando na mesma posição, os laterais Renê Rodrigues e Roberto Heuchayer, também podem gritar “é campeão” neste domingo. Renê defendendo o Flamengo que enfrenta o Vasco no Maracanã.

Roberto Heuchayer, Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

No jogo de ida, o rubro-negro venceu a equipe Cruz de Malta por 2 a 0. Já Heuchayer, defenderá as cores da Chapecoense contra o Avaí no Estádio da Ressacada. Avaí e Chape se enfrentam em jogo único na decisão estadual. Quem vencer, fica com o título do Catarinense 2019. Em caso de empate, a taça será disputada nos pênaltis.

Assis Santos