banner2

O Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI) emitiu uma recomendação pedindo para que médicos não aceitem ofertas de emprego, plantões médicos e nem se submetam a concurso público cuja remuneração se encontre abaixo da média dos valores praticados. A recomendação faz referência principalmente ao concurso da Prefeitura Municipal de Floriano, alegando que os valores estão abaixo do praticado e que ferem a honra e a dignidade do exercício da medicina.

O salário oferecido pela prefeitura de Floriano, de acordo com o edital, é de R$ 1.675,00 mais um acréscimo referente à gratificação. Ao todo, são 13 vagas para a área, sendo uma delas paras médico plantonista com a finalidade de trabalhar no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e outra que exige residência na área de psiquiatria.

De acordo com Ricardo Abdala, assessor jurídico do CRM-PI, o Conselho não determina um salário base, mas conta que a renumeração oferecida pela prefeitura de Floriano não condiz com a realidade oferecida em outras localidades do estado. “O valor de R$ 1675,00 não é justo, isso não espelha a realidade. O que está sendo proposto pela prefeitura de Floriano está completamente fora da realidade”, ressalta o assessor.

O concurso

As inscrições do concurso tiveram início nesta terça-feira (08) e tem o encerramento marcado para o dia 11 de fevereiro. Ao todo são mais de 150 vagas, para os níveis fundamental, médio e superior, em diversas áreas.

Para efetuar a inscrição, o interessado deverá acessar, via internet, o endereço eletrônico do Instituto Legatus, banca responsável pelo certame. A previsão é de que a prova escrita objetiva seja realizada do dia 31 de março. O resultado final está previsto para 11 de junho de 2019.

O Dia

banner2