banner2

Idosos e pessoas com deficiência que têm direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), do Governo Federal, que não se inscreveram ou não regularizaram os dados junto ao CadÚnico vão ter uma nova chance para evitar a suspensão do pagamento do programa.

O novo cronograma prevê que a atualização do cadastro seja feita de acordo com a data de aniversário de cada beneficiário. Por exemplo, as pessoas nascidas nos primeiros três meses do ano têm até 31 de março para regularizar o registro.

Michele Moreira

banner2