Início Destaque Celas de delegacia com capacidade para 4 detentos têm 18 em Picos

Celas de delegacia com capacidade para 4 detentos têm 18 em Picos

Central de Flagrantes de Pico está com número de detentos acima do permitido por cela
banner2

A equipe do Grande Picos apurou que as celas da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Picos está com superlotação. Segundo o diretor regional do Sindicato dos Policiais Civis do Piauí -Sinpolpi, Joel Joaquim dos Santos, a delegacia tem a capacidade de abrigar em condições humanas no máximo quatro detentos, mas atualmente está comportando 18 presos. As celas são pequenas, menos de quatro metros quadrados.

O sindicalista conta que tem presos passado fome, pois as famílias são responsáveis pela alimentação dos detentos, mas como alguns são de outras cidades, não tem quem fornece; quem recebe alimentação divide com o demais, mas não é obrigatório.

“Se ele está aí e não tem parente perto nem nada, ele está passando fome e isso não pode acontecer, não é que a gente está querendo uma estadia maravilhosa para o preso, é o que é de lei e obrigação do Estado”, disse.

Joel explicou que para transferir o detento para o presidio é uma dificuldade muito grande.

“Superlotada e para mandar lá para o presidio é com arranjo, é uma dificuldade muito grande, porque lá também está superlotado, segundo os gestores de lá, e aí acham que é irregular porque está lotada e faltam algumas condições.  Mas irregular de verdade eu sei que é aqui na delegacia, porque aqui tendo um preso após 72 horas aí sim já está completamente irregular, porque o Estado apreende o delinquente e aí a partir do momento que o delinquente está sobre custodia do Estado, o estado é responsável por ele em tudo de alimentação, assistência médica, hospitalar e tudo isso aqui fica muito difícil, alimentação aqui não tem”, conta.

Confira a entrevista

Joel Joaquim dos Santos

 

banner2