banner2

A Polícia Civil de Picos confirmou que o motociclista envolvido no acidente que ocorreu na tarde de ontem (9), e teve como vítima fatal a professora Gabriela Cavalcante, estava sobre efeito de álcool. A constatação se deu através do teste de bafômetro, onde foi identificada a presença de 0,83 miligramas por litro de ar, no organismo do mesmo. O limite permitido é de 0,05 miligrama de álcool por litro ar.

“Foi constatado por meio do teste etilômetro (bafômetro) 0,83 miligramas por litro de ar. Diante dos fatos, eu recebi hoje o auto de prisão em flagrante, confeccionado na noite de ontem pelo delegado Jonathas”, disse o delegado de Polícia Civil de Picos, responsável por homicídios e tráfico, Agenor Lima.

Valderes Antônio dos Santos foi preso em flagrante e atuando por homicídio culposo no trânsito-onde não há intenção de matar, o mesmo continua preso.

“ Já foi comunicado ao Poder Judiciário, nós vamos concluir a investigação e encaminhar o inquérito e o relatório”, resumiu.

Entenda o caso

Na tarde da última quinta-feira (08) um acidente foi registrado no bairro Ipueiras. A vítima, Gabriela Cavalcante, teve morte imediata ao ser atingida por um caminhão, ela estava em uma motocicleta quando foi atingida por outra moto e ao cair, foi colhida pelo veículo.

O motociclista que a atingiu Gabriela também ficou feriado e foi levado ao Hospital Regional Justino Luz sem ferimentos graves. O motorista do caminhão que atropelou a vítima foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil de Picos para prestar depoimento.

Confira a entrevista

AGENOR LIMA

banner2