Início Destaque Comunidade rural de Itainópolis terá retomada do Programa Luz para Todos

Comunidade rural de Itainópolis terá retomada do Programa Luz para Todos

banner2

O presidente da Associação Comunitária Rural de Confusões (ACRC), Fábio Dias, procurou a redação do Grande Picos para informar a comunidade rural do município de Itainópolis que as ações do Programa Luz Para Todos estão sendo retomadas e as famílias que ainda não têm energia elétrica em suas residências, podem procurar a sede da Eletrobrás do município munidos de documentos pessoais para fazer a solicitação, que estará em aberto até o dia 30 de novembro.

“Algumas famílias que na época já tinha feito o cadastro, há uns quatro ou cinco anos, quando foi implantado o Luz para Todos no município, essas pessoas foram atendidas todas, mas ficaram algumas famílias de fora desse projeto e eu gostaria de informar às pessoas que têm interesse, que tem esse sonho de ter a luz na sua residência, que a associação ACRC, nós estamos fazendo um cadastramento dessas pessoas que ficaram de fora do Programa Luz para Todos e esse cadastramento vai servir justamente para apresentar junto a Eletrobras em Teresina, para que a mesma, dentro do programa, atenda essas famílias que ficaram de fora”, explicou.

Fábio Dias pontuou ainda que para que uma propriedade rural tenha a instalação elétrica feita, é necessário haver pelo menos uma casa na área que abrange a localidade.

Luz para Todos

O Programa Luz para Todos (LpT) foi lançado em novembro de 2003, com o desafio de acabar com a exclusão elétrica no país e a meta de levar o acesso à energia elétrica, gratuitamente, para cerca de dois milhões de pessoas do meio rural até o ano de 2008. Durante a execução do programa, mais um milhão de famílias sem energia elétrica em casa foram localizadas e, em função disso, o programa foi prorrogado por duas vezes, primeiramente até 2011 e, depois, até 2018.

Desde 2003, cerca de 15 milhões de brasileiros, ou seja, 3,1 milhões de famílias na área rural do país tiveram acesso à energia elétrica.

CONFIRA A ENTREVISTA COM FÁBIO DIAS-

banner2