Início Destaque Eleitor tem 60 dias para justificar ausência

Eleitor tem 60 dias para justificar ausência

banner2

O eleitor que não votou tem 60 dias para justificar ausência à Justiça Eleitoral. O chefe de cartório da 10ª Zona Eleitoral de Picos, Luís Borges, explica que o eleitor que não pôde votar no primeiro turno das eleições e não conseguiu justificar a ausência, deve preencher o formulário de justificativa e levar ao cartório mais próximo.

“Como no Brasil o voto é obrigatório, quem não votar tem que justificar e nesse caso o prazo é de 60 dias. O eleitor deve vir ao cartório preencher um requerimento, alegando as razões porque não compareceu ao voto e se submeter à apreciação do juiz”, acrescentou.

O chefe de cartório explica ainda que o eleitor que não fizer a justificativa está sujeito a uma multa, cujo valor é de R$ 3,61 por votação não comparecida. “A multa fica imputada a ele [eleitor], caso ele não venha justificar, ele faltou à eleição, não fez a justificativa ou a justificativa não foi aceita, então ele está sujeito a uma multa”.

Segundo turno

Quem não votou no primeiro turno e nem justificou não fica impedido de votar no segundo turno, dia 28 de outubro.

Abstenções

No Piauí houve mais de 300 mil abstenções nestas eleições, o que corresponde a 15,71% dos eleitores aptos a votar que deixaram de ir às urnas, em Picos esses números ainda não foram disponibilizados, é o que afirma Luís Borges, que lamentou sobre a grande quantidade de pessoas que deixaram de contribuir para a escolha dos seus representantes.

“Eu vejo com uma certa tristeza porque é importante que todos se manifestem para que o resultado das urnas seja o resultado da vontade popular. Então se as pessoas se absterem de votar, eles delegam para que outros que votam façam as escolhas que devem ser feitas por todos”, opinou.

O chefe de cartório classificou o processo de votação em Picos como tranquilo e informou que na região apenas três urnas precisaram ser substituídas, número considerado por ele baixo, já que na região foram disponibilizados cerca de mil equipamentos.

 

banner2