Início Destaque Eleições: 77 detentos da penitenciária masculina de Picos votaram neste domingo

Eleições: 77 detentos da penitenciária masculina de Picos votaram neste domingo

Penitenciária José de Deus Barros (Foto: Daniela Meneses)
banner2

Detentos da Penitenciária José de Deus Barros puderam votar nessas eleições. Uma cabine de votação foi disponibilizada pela Justiça Eleitoral para que as pessoas privadas de liberdade pudessem exercer seus direitos políticos.

De acordo com o diretor da unidade prisional, Silval Hipólito, 77 presos provisórios puderam participar da escolha dos seus representantes nesse pleito. Os demais encarcerados não puderam votar, pois a Constituição Federal determina que pessoas condenadas de forma definitiva têm seus direitos políticos suspensos.

“Só votam os detentos provisórios, os detentos que passam pelo cadastro da Justiça Eleitoral. Vieram os funcionários da Justiça Eleitoral até o presídio fazer o cadastro desses detentos, então estavam aptos a votar, pela relação da Justiça Eleitoral, 116, mas alguns detentos já ganharam a liberdade, ou foram transferidos para outra unidade, agora os que votaram foram 77 detentos”, informou.

O diretor do presídio disse que durante o processo, a segurança da unidade foi reforçada. Sinval falou ainda sobre a importância de inserir pessoas privadas de liberdade – de forma provisória – no processo eleitoral.

“É de grande importância, eu acho que o direito de votar é para todos. Eu acredito que tanto ganha a Justiça Eleitoral, como a sociedade e ganha o detento”, pontuou.

A penitenciária feminina de Picos, por não ter número suficiente de detentas, não recebeu cabine de votação. Segundo o artigo 136 do Código Eleitoral, devem ser instaladas seções nos estabelecimentos de internação coletiva se houver pelo menos vinte eleitores.

CONFIRA O ÁUDIO DA ENTREVISTA COM SINVAL HIPÓLITO- 

banner2