banner2

O Departamento de Vigilância Sanitária de Picos constatou em uma inspeção realizada no dia 4 de agosto no Mercado Público do bairro Junco várias irregularidades e condenou as condições higiênica e estrutural do local.

O secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Iata Rodrigues, comentou sobre o assunto e disse que as providências serão tomadas para que as famílias que precisem daquele ambiente para sobreviver não sejam prejudicadas.

“ A complexidade é muito grande no mercado do Junco, desde a estrutura ao funcionamento. A secretaria tem conhecimento e tem feito todo o alcance, questão de ofício de cobrança, eu acredito que quando as coisas começar a chegar no mercado, vai ser de uma vez, a equipe que vai cuidar da energia, a equipe que vai cuidar de uma melhoria na parede, uma pintura, conserto de um telhado vai chegar tudo ao mesmo tempo. Nós já fizemos todos os ofícios e continuamos cobrando, como secretaria e responsável por aquele espaço e outros, nosso papel é realmente dar respostas”, disse.

Iata Rodrigues, falou que foi estipulado um prazo de 90 dias para a secretaria reformar o prédio, apresentar certificado comprobatório do controle de pragas, vetores e regularidade do Corpo de Bombeiros.

“Quando a Vigilância Sanitária recentemente nos colocou aqui a necessidade dando 90 dias de prazo, necessidade que haja melhorias e atender algumas especificidades, nós concordamos porque é verdade e precisa ser feito, graças a Deus nós nos antecipamos da recomendação da vigilância sanitária, porque nós já tínhamos o conhecimento e já havíamos tomado as providencias, mas como eu disse, nós não temos uma equipe”, pontuou.

Iata afirma que até hoje não foi descumprida nenhuma data. “Tenho 90 dias para dar o resultado, não afirmo 100% ou 1000% porque não depende só dos profissionais da secretaria, vou precisar da parceria de outras secretarias, mas penso que o prazo é razoável e dá sim para resolver todos os problemas”, contou

Confira as entrevistas

Iata Rodrigues

banner2