Foto: Reprodução

A presença de animais soltos nas BRs de Picos sempre foi motivo de transtorno, tanto aos pedestres quanto aos motoristas que temem algum acidente. De acordo com o coordenador de apreensão de animais em Picos, Erismar Santiago, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), vem recebendo diariamente denúncias de moradores reclamando da grande quantidade de animais soltos nas vias.

“A gente está fazendo um trabalho dentro das possibilidades da secretaria para tentar atender a demanda de denúncias, pois nos últimos dias recebemos várias denúncias de animais soltos, tanto gados como jumento, burro e cavalos; tanto nas zonas urbanas   como nas estradas vicinais que ligam a nossa zona urbana a alguns povoados e nós da secretaria estamos empenhados em dar uma resposta para a população”, disse.

O órgão responsável pelo resgate é a Secretaria do Meio Ambiente, ficando de sua guarda e responsabilidade por 10 dias, prazo também dado para que os proprietários possam procurar o órgão e dar entrada no pedido de resgate.

“Todos os animais que são recolhidos pelo nosso setor, eles são encaminhados, nós temos uma roça que fica localizado no povoado Canto da Aroeira e eles são conduzidos para lá e ficam aguardando o proprietário aparecer para poder pegar o termo de liberação do animal”, contou.

O coordenador explica que será feita novamente uma parceria com Polícia Rodoviária Federal (PRF) para intensificar os trabalhos de apreensão de animais.

“No mês de julho estivemos com eles, com o pessoal da Polícia Rodoviária Federal fazendo o trabalho de resgate de animais aqui pela nossa cidade, inclusive, tem previsão para que que agora final de mês a Policia Rodoviária Federal compareça à nossa secretaria para novamente estamos fazendo esse trabalho”, pontuou.

ERISMAR SANTIAGO