banner2

Trinta e cinco famílias da zona rural de Geminiano deram mais um importante passo rumo à realização do sonho da casa própria nesta quarta-feira (20). Eles participaram, no Ginásio Poliesportivo Deputado Mussa Demes, da solenidade de assinatura dos contratos para construção dos imóveis oriundos do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) com financiamento da Caixa Econômica Federal (CEF).

O evento contou com a presença dos beneficiários e de representantes da CEF e da Prefeitura Municipal de Geminiano, responsável pela elaboração do projeto que prevê a inclusão habitacional de 42 famílias de baixa renda residentes na zona rural. A ação beneficia as comunidades Baixa Grande, Cacimbinha, Ambrósio e Baixio do Geminiano.

Mais moradias dignas para os geminianenses, inclusive, é uma das metas de governo do prefeito Erculano Carvalho, que comentou a importância do momento para a comunidade. “É o sonho de todo mundo ter a sua casa própria. E hoje os beneficiários estão aqui para fazer a contratação da sua casa, então é um momento de muita alegria para nós e para o município”, frisa.

Carvalho antecipa que um novo projeto pleiteia a construção de mais cem moradias populares também em parceria com a Caixa Econômica Federal. Desta vez, no entanto, tendo como público alvo as famílias da zona urbana do município. “Nós já estamos com outro projeto para a zona urbana com mais cem casas”, revela.

Além das 35 famílias que assinaram os contratos nesta quarta-feira (20), outras sete famílias serão reavaliadas por conta de erros na documentação apresentada ao banco financiador. Assim, o número de moradias do PNHR firmadas no convenio pode aumentar.

PNHR

Programa Nacional de Habitação Rural – Parte integrante do Programa Minha, Casa Minha Vida (PMCMV), o PNHR foi criado pela necessidade de uma política habitacional que atendesse as especificidades da moradia no campo, onde as diferenças em relação ao meio urbano – tais como cultura, forma de remuneração, gleba de terra, logística para construção – passaram a ser consideradas nos programas de moradia para a população do meio rural.

VEJA FOTOS:

banner2