Início Colunas PANORAMA: Festa de aniversário coloca em xeque aliados do Padre Walmir

PANORAMA: Festa de aniversário coloca em xeque aliados do Padre Walmir

Padre Walmir festeja aniversário de 47 anos - Foto: Reprodução
banner2

Festa de arromba
O prefeito de Picos, Padre Walmir Lima (PT), promoveu nesta semana um jantar para celebrar seu aniversário de 47 anos. A festa aconteceu no Clube dos Professores e reuniu empresários, políticos, servidores e amigos do gestor.

Não deram o ar da graça
Apesar da bancada do PTB comparecer à festa do padre, figuras importantes da legenda não deram o ar da graça. Entre os ausentes está o vice-prefeito Edilson Carvalho e o ex-prefeito Zé Neri. Fica a pergunta: Será que não receberam o convite?

Não foi visto
Outro que não foi cantar os parabéns para o prefeito foi o vereador Wellington Dantas (PT). E além dele, a maioria dos integrantes do grupo que o segue também não foi visto. Será que se esqueceram de olhar no calendário a data de aniversário do companheiro este ano?

Companheiros ausentes
Segundo um petista de longa data, os companheiros ligados a Wellington Dantas, inclusive o presidente da legenda, Zacarias Teixeira, ficaram receosos de prestigiarem a festança e receberem o mesmo tratamento que estão tendo na gestão. Segundo ele, se o mesmo critério fosse seguido, talvez a eles só restasse a raspa do taxo.

Já digeriu
Já o deputado estadual Nerinho (PTB) estava bem à vontade, mesmo com a presença do deputado estadual Severo Eulálio (MDB) – escolhido pelo prefeito para apoiar na eleição deste ano. Cercado pela bancada petebista, o parlamentar deu a entender que já digeriu a confirmação do apoio do Palácio Coelho Rodrigues ao emedebista.

Uma só uma nação
Segundo um seguidor do prefeito Edvardo Rocha, o “Pé Trocado” (PP), de Sussuapara, em 2020 haverá no município uma só nação. De acordo com o visionário, toda semana uma família declara apoio à família Pé Trocado, comandada pelo gestor e por seu vice, Naerton Moura.

Naerton Moura e Pé Trocado – Foto: Reprodução

Com a mesma moeda
Alguns prefeitos da região de Picos já afirmam que se o governador Wellington Dias (PT), pré-candidato à reeleição, adotar a tática de fingir que realiza as obras por ele prometidas, a postura dos gestores será a de fingir que vão pedir votos para o petista. Nesse caso, será que bala trocada não dói?

Será que aguenta?
O suplente de deputado federal José de Andrade Maia Filho, o “Mainha”, que tentará conquistar uma vaga na Câmara Federal na eleição deste ano, pelo visto, pretende fazer uma campanha arrojada na região de Picos. Pelo menos é isso que propagam seus apoiadores, tanto que essa propaganda já começa a despertar o interesse de lideranças do baixo clero que querem negociar pessoalmente com o ex-parlamentar.

Maia Filho – Foto: Reprodução

Sonhando alto
Embora não assumindo publicamente, o vereador Antônio Afonso Guimarães Júnior, o Afonsinho, trabalha para ser uma das alternativas do seu grupo político para concorrer ao Palácio Coelho Rodrigues em 2020. Segundo um experiente observador da política picoense, os ventos podem sim soprar a favor do jovem parlamentar.

Sem alteração
Dois prefeitos de municípios da região de Picos obtiveram resultado positivo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). O órgão julgou e confirmou improcedente a ação de impugnação de mandato eletivo que pedia a cassação dos mandatos do prefeito de Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa (PDT), e do vice-prefeito, Écio Flávio.

Sem alteração II
O colegiado também considerou improcedente recurso de Ação de Investigação Eleitoral Judicial (AIJE) que pede a cassação dos mandatos do prefeito de Paquetá do Piauí, Thales Pimentel (MDB), e do seu vice, Anderson Clayton (PSDB). As ações foram ajuizadas pelos candidatos derrotados no pleito de 2016 – Ivete Lima (PRTB) e Manoel Gonçalves, o Lito (PR), respectivamente.


A Coluna Panorama é assinada pelo jornalista Assis Santos, formado em Rádio e TV pelo Instituto ComRadio do Brasil e Coordenador do Departamento de Jornalismo do Sistema de Comunicação de Picos – SCP.

banner2