Início Destaque Unidade móvel de combate à hanseníase estará em Picos na segunda (21)

Unidade móvel de combate à hanseníase estará em Picos na segunda (21)

banner2

Nos dias 21 e 22 de maio, a Carreta da Saúde Ponto Final da Hanseníase estará em Picos. O projeto é promovido pelo Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Picos.

A proposta da campanha, segundo o coordenador municipal de Controle à Hanseníase, Gilberto Valentim, é identificar e tratar casos da doença e esse ano terá uma peculiaridade, além de prestar serviços para a população em geral, as regiões quilombolas também serão contempladas com a ação.

“Não que a hanseníase esteja atrelada a essa população, mas o Morhan (Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase) achou interessante o Ministério incluir essa pauta, para examinar essa população e nós vamos fazer contato com o pessoal até o dia trinta desse mês, para que possamos organizar o fluxo de como trabalhar a população quilombola da região de Picos”, disse.

A carreta é composta por cinco consultórios e terá medicações e matérias específicas para fazer o diagnóstico clínico e laboratorial.

“É uma parceria do Ministério [da Saúde] com a carreta e do município com os profissionais que vão montar e compor a equipe com os consultórios, os médicos, enfermeiros, técnicos e laboratórios para fazer exames e técnicos para acompanhar e fazer o atendimento das pessoas. A nossa ideia é que a gente monte aferição de pressão, verificação de glicemia capilar para que sejam atraídas mais pessoas para o atendimento nesses dois dias”, acrescentou.

De acordo com Gilberto Valentim, o município apresenta uma média de 7 casos de pessoas com hanseníase para 10 mil habitantes, sendo que 60% são de formas contagiosas, segundo ele, Picos é considerada uma cidade hiperendêmico -nível elevado de infecção – para a doença.

banner2