Ônibus foi usado para bloquear a pista e dificultar a chegada da polícia (Foto: Divulgação / PM)

Um grupo criminoso explodiu uma agência do Banco do Brasil no município de Angical do Piauí, a 131 km de Teresina, na madrugada deste domingo (4). De acordo com a Polícia Militar (PM), entre 8 a 12 homens participaram do crime e o motorista de uma empresa de ônibus foi feito refém durante a ação.

“Aconteceu por volta das duas horas da manhã. Pegaram o ônibus na entrada da cidade e espalharam vários miguelitos em outras entradas. Lá no banco eles foram direto ao cofre principal e explodiram”, informou o major Maurício Lacerda, comandante do 18º Batalhão de PM em Água Branca.

O ônibus foi usado para bloquear a pista e dificultar a aproximação da polícia. O condutor foi feito refém durante a ação dos criminosos, mas foi liberado em seguida. Segundo a PM, o motorista não ficou ferido e está bem.

Ainda não se sabe a quantia subtraída pelos criminosos. “Estamos coletando informações, mas o que sabemos até o momento é que não havia um valor muito alto no cofre. Não era uma quantia considerável”, afirmou o comandante.

Após a ação, os criminosos roubaram um veículo e seguiram até determinado ponto, onde abandonaram o carro. “Lá eles incendiaram esse veículo e pegaram outro. Agora estamos em diligência para tentar prendê-los “, finalizou o major Lacerda.

Criminosos incendiaram veículo usado na fuga (Foto: Divulgação / PM)

Segundo caso durante o final de semana

A explosão na agência do Banco do Brasil em Angical do Piauí foi a segunda ocorrência dessa natureza neste final de semana. Na madrugada do sábado (3), um grupo de homens fortemente armados explodiu a agência da Caixa Econômica, dos Correios e um posto do Bradesco na cidade de Cocal, no Norte do Piauí.

G1