banner2

O Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Piauí (Emater) realizou, nesta quarta-feira (29), na Câmara Municipal de Geminiano, um encontro de apresentação do plano de trabalho do projeto Dom Hélder Câmara no município. A ação vai possibilitar a inclusão produtiva e social de 42 famílias rurais que se encontram em situação de extrema pobreza, com renda perca pita declarada conforme cadastro único para programas sociais do governo federal de até R$ 85.

De acordo com o coordenador regional do projeto, Joenilson Moura, as atividades tem como principal objetivo aumentar a abrangência e melhorar a qualidade da assistência prestada a agricultores familiares, bem como levar cidadania, dignidade e qualidade de vida aos beneficiários.

Durante sua fala, a secretária de Agricultura Eufrásia Nascimento destacou a importância do projeto para o fortalecimento da agricultura familiar no município. Segundo ela, o prefeito Erculano Carvalho está otimista com a parceria e autorizou a disponibilização da estrutura do município para as ações.

A secretaria de Planejamento Maria José Campos, a “Mazé Campos”, também acompanhou a apresentação do projeto. Ela explicou que a articulação já começou junto às comunidades rurais e a expectativa é de que comece na próxima semana o trabalho de mobilização das famílias.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Geminiano, Francisco Elísio, frisou que o número de agricultores a serem atendidos ainda é insuficiente, mas disse que o projeto é uma boa iniciativa para a população do campo.

Além de representantes das associações de produtores, várias autoridades municipais também participaram do evento.

banner2