Início Destaque PANORAMA: Com portas estreitas, petistas cortam a própria carne na Prefeitura de...

PANORAMA: Com portas estreitas, petistas cortam a própria carne na Prefeitura de Picos

banner2

Quando o dia é da caça
Com salários atrasados há três meses, servidores do SAMU de Picos penduraram uma faixa onde denunciam a situação na fachada do órgão. Mas, segundo um vizinho do local, uma importante autoridade do município não gostou nada do protesto. Essa fonte contou a este colunista que o político em questão quis obrigar os servidores a retirarem a faixa, porém, recebeu como resposta que fosse ele próprio realizar a tarefa. E mais: ainda lhe ofereceram uma escada.

Faixa estendida na sede do Samu de Picos – Foto: Assis Santos

Dispensada
Considerada do alto clero do Partido dos Trabalhadores, a petista Luzanira Sousa perdeu o cargo que ocupava no gabinete do prefeito Walmir Lima. Mas, até o momento, ainda não se sabe se ela irá assumir outra função na gestão municipal ou se será exonerada. Caso não seja reintegrada ao quadro de servidores, uma coisa é certa: vai ter fuá para mais de ano no reduto dos companheiros.

Luzanira Sousa – Foto: Reprodução/Facebook

Sem apego
Mesmo compondo a base aliada do governador Wellington Dias, a deputada estadual Belê Medeiros se posicionou contrária ao Projeto de Lei do Executivo que autoriza o aumento da cobrança de impostos em alguns produtos no estado. Por se negar a votar com o governo, Belê foi momentaneamente afastada da Alepi e só retornou após a aprovação do projeto. A atitude da deputada foi bastante elogiada pela população.

Deputada Belê Medeiros – Foto: Reprodução

Silêncio
A negligência no atendimento do Hospital Regional Justino Luz, em Picos, sempre foi motivo de inflamáveis discursos na Tribuna da Câmara de Vereadores, especialmente pelos parlamentares da bancada de oposição. Mas tem uma coisa estranha: alguns dos parlamentares que mais cobravam providências sobre os problemas existentes na casa de saúde andam tão calados quando assunto é o hospital que até parece que perderam a voz. O que será que aconteceu? Será que a unidade de saúde melhorou ou será que os problemas não existe mais?

Estranharam
A maioria das lideranças políticas da região de Picos ligadas ao ex-governador Wilson Martins (PSB) não compareceu ao tradicional festejo da cidade de Santa Cruz do Piauí este ano. Aqueles que se arriscaram a ir sentiram falta do farto palanque montado em anos anteriores, quando o grupo do trator — como ficou conhecido Martins — estava administrando o município.

Wilson Martins – Foto: Lucas Dias/GP1

Saia Justa
Foi assim que ficou o vereador picoense Irmão Zé Luís (PTB) recentemente. É que ele foi convidado pelo ex-prefeito José Neri de Sousa a fazer parte da caravana de pessoas que acompanharam o ex-gestor em mais uma romaria dos picoenses às cidades cearenses de Canindé e Juazeiro do Norte. Apesar de demostrar muito respeito pelo romeiro, o “Abençoado”, como é chamado na cidade, não professa a mesma fé do amigo e partidário. Mas, se ele aceitasse, será que seus irmãos de fé iriam aprovar?

Ex-prefeito José Neri e o vereador Irmão Zé Luís – Foto: Reprodução/Facebook

Lágrimas
De uma só canetada o prefeito de Bocaina, Erivelton Barros (PSB), exonerou dos cargos e funções todos os servidores comissionados, contratados, prestadores de serviços e terceirizados. A alegação do gestor para justificar sua decisão é a crise financeira vivenciada pelos municípios brasileiros. Mas, segundo um bocainense sem papas na língua, a medida provocou tanto choro nos apaniguados que, se as lágrimas caídas fossem sobre as paredes da barragem do município, ela sangraria sem precisar de uma gota de água da chuva.

Prefeito Erivelton Barros – Foto: Reprodução

Negócio arriscado
Comenta-se nos bastidores da política picoense que o presidente do time do Altos, Valter Lacerda, que pretende disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) na eleição do próximo ano, pretende investir pesado em Picos. Mas, segundo um experiente político da cidade, o pré-candidato poderá ficar decepcionado com o seu desempenho no município modelo. Segundo esta mesma fonte, as lideranças que pretendem apoiar o desportista talvez não consigam conquistar sequer os votos dos eleitores que existem dentro de suas casas.


A Coluna Panorama é assinada pelo jornalista Assis Santos, formado em Rádio e TV pelo Instituto ComRadio do Brasil e Coordenador do Departamento de Jornalismo do Sistema de Comunicação de Picos – SCP.

banner2