Padre Walmir Lima, prefeito de Picos - Foto: Reprodução
banner2

Homem de pouca fé
Após o anúncio do parecer contrário ao pedido de cassação dos mandatos do prefeito José Walmir de Lima (PT) e do seu vice, empresário Edilson Alves de Carvalho (PTB), dizem que uma certa liderança ligada ao ex-prefeito Gil Paraibano (PP) afirmou a um colega que já perdeu a esperança de ver o padre descer as escadas do Palácio Coelho Rodrigues de forma definitiva antes de 31 de dezembro de 2020.

Mistério
Há fortes indícios de que a suplente de vereadora Creusa Nunes (PMDB) vai indicar o substituto do vereador Evandro Paturi (PT) no comando da secretaria de Administração. Mas apesar das especulações, o prefeito Walmir Lima (PT) ainda não se manifestou de forma oficial sobre o novo titular da pasta, porém, comenta-se nos corredores palacianos que a tal secretaria é bastante monitorada e não muito boa para quem tem aspirações políticas. E agora, José?

Creusa Nunes – Foto: José Maria Barros/GP1

Servindo a dois senhores
Tem alguns vereadores e lideranças políticas da cidade de Picos e de municípios da região que vivem situações bastante parecidas. Eles dizem que irão apoiar um determinado candidato a deputado estadual na eleição do próximo ano, mas também darão uma ajudinha a um concorrente do postulante. Isso quer dizer que irão servir a dois senhores, só que um deles será ludibriado.

Saudade da tribuna
O vereador licenciado Dedé Monteiro (PPS) está afastado da Câmara Municipal de Picos há apenas dois meses, mas parece que anda com uma saudade danada da tribuna. Volta e meio o parlamentar é visto debatendo os bastidores da política local com os colegas de parlamento. Segundo um servidor da Casa, a qualquer hora o homem se confunde e pede um aparte ou uma questão de ordem.

Vereador Dedé Monteiro – Foto: Reprodução/Portal O Povo

Sozinho
Um grande líder político da região de Picos, se não tomar cuidado, vai ficar igual a música do Erasmo Carlos: sozinho, sentado à beira do caminho. É que parte das lideranças que o homem comandava não lhe enxergam mais como aquele que tinha a palavra final. Segundo os comentários por lá, o que se vê pra todo lado é negrinho a procura de uma outra garupa pra montar.

Desconversou
Em recente visita à região de Picos, o deputado federal José de Andrade Maia Filho, o “Mainha”, foi questionado se assim como na primeira denúncia votará novamente contra a admissibilidade da abertura de investigação contra o presidente Michel Temer. O parlamentar não adiantou o voto, mas disse que o afastamento do pemedebista não é bom para o pais.

Deputado federal Mainha – Foto: Reprodução

Aliviado
O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) julgou improcedente a ação que pedia a cassação do mandato do prefeito de Aroeiras do Itaim, Wesley de Deus (PTB), e do vice Edilson Rodrigues Teixeira (PT). A ação havia sido impetrada pela coligação “Unidos Para o Bem do Povo”, e tinha como candidato a prefeito Zênio Neves Holanda (PTC). Wesley era acusado pelos adversários de abuso de poder econômico e político. Resta saber se a coligação derrotada irá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Vem com tudo
Segundo uma fonte que detém muita influência na política regional, o deputado Georgiano Neto (PSD) vai investir pesado em Picos e região na eleição do ano que vem. Será que o homem vai peitar os representantes do município modelo na Assembleia Legislativa? Bom, se a informação é verdadeira ou não, o certo é que tem cabo eleitoral picoense com as antenas iguais às do Chapolin Colorado: captando tudo.

Deputado estadual Georgiano Neto (PSD) – Foto: Reprodução


A Coluna Panorama é assinada pelo jornalista Assis Santos, formado em Rádio e TV pelo Instituto ComRadio do Brasil e Coordenador do Departamento de Jornalismo do Sistema de Comunicação de Picos – SCP.

banner2