Caravana Piauí em Movimento tem pouca adesão em Picos

Caravana Piauí em Movimento tem pouca adesão em Picos

João Henrique (PMDB) - Foto: Assis Santos/Grande Picos

TELKI-PNEUS-728X90-2016[1]

A Caravana Piauí em Movimento, uma ação coordenada do PMDB, chegou à cidade de Picos nesta sexta-feira (09), coordenada pelo o vice-presidente regional do partido no Piauí e pelo presidente nacional do Serviço Social da Indústria (SESI), o ex-ministro João Henrique de Almeida Sousa.

Ao chegar à cidade no Início da tarde, João Henrique concedeu entrevista coletiva à imprensa picoense e falou sobre o trabalho da caravana ao longo das últimas semanas.

À noite, sem contar com a presença dos dirigentes locais do partido, o ex-ministro proferiu uma palestra para empresários, profissionais liberais e políticos no auditório da Associação Comercial e Industrial da Grande Picos (ACINPI), onde abordou a conjuntura nacional e novos rumos para o Piauí, com destaque para o potencial econômico da macrorregião picoense.

Caravana Piauí em Movimento chega a Picos – Foto: Assis Santos/Grande Picos

Segundo João Henrique, a região precisa de um olhar voltado para o desenvolvimento das potencialidades locais. “Picos é a terceira produtora de mel de abelha do Brasil, além disso, existem outras cadeias produtivas a serem exploradas, mas isso falta planejamento, coisa que o atual governo não tem”, alfinetou.

No campo político, o ex-ministro disse que trabalha para viabilizar a sua candidatura de oposição ao Governo do Estado em 2018. Com esse foco, durante a palestra na ACINPI o pré-candidato fez duras críticas à gestão do governador Wellington Dias, sem poupar os companheiros de sigla que aderiram ao Palácio de Karnak. “É um modelo cansado e sem perspectivas para o Estado”, afirmou.

A proposta da “Caravana Piauí em Movimento” é percorrer as 15 maiores cidades do Piauí, incluindo a capital Teresina, até o final do ano, para levantar dados e debater sobre o que os piauienses querem e esperam para o futuro do Estado.

Comentários Facebook