UESPI vai realizar vestibular com vagas em 60 municípios do Piauí

UESPI vai realizar vestibular com vagas em 60 municípios do Piauí

UESPI de Picos - Foto: Reprodução

Banner MIX Papelaria 728x90

O governador Wellington Dias discutiu a expansão do ensino superior no estado, na sexta-feira (6), com o secretário de Governo, Merlong Solano; o reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Nouga Cardoso; a vice-reitora, Bárbara Melo; pró-reitores da instituição; e o superintendente da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Ellen Gera. A pauta extensa envolveu a criação de cursos de graduação à distância, a realização de concurso para professores e os planos de carreira dos servidores da Uespi.

“Nós acertamos as condições para que seja realizado vestibular em março deste ano, oferecendo vagas em mais 60 municípios do estado”, anunciou o governador. As novas vagas, na modalidade de Ensino a Distância, serão efetivadas com a assinatura do decreto de criação da Universidade Aberta do Piauí, resultado de uma parceria entre a Uespi, a Seduc e a Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapepi).

O secretário Merlong Solano destacou que em breve será publicado o decreto que estabelecerá as competências de cada ente. “A Uespi atuará como instituição pedagógica responsável pela realização dos cursos, a Seduc como mantenedora da infraestrutura dos polos, e a Fapepi cuidará do pagamento das bolsas dos professores”, afirmou.

O reitor destacou ainda a realização de concurso para 197 docentes efetivos, sendo 104 nomeações em 2017 e o restante em 2018, conforme previsto no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2017-2021. “Tratamos aqui do envio de uma mensagem para a Assembleia Legislativa criando as vagas a serem preenchidas. Outra excelente notícia é que o governador mantém o compromisso de encaminhar para a Assembleia, logo após o recesso parlamentar, o plano de reformulação da carreira dos técnicos administrativos”, frisou Nouga.

CCom

Comentários Facebook