Sejus reforça ações de segurança nas unidades prisionais do Piauí

Sejus reforça ações de segurança nas unidades prisionais do Piauí

Penitenciária José de Deus Barros - Foto: Fabrício Sousa

Banner MIX Papelaria 728x90

Após a morte de 90 presos em presídios nos estados do Amazonas e Roraima ocorridas neste início de ano, a Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) informou que reforçou o protocolo de segurança em todas as unidades prisionais do estado. Segundo a secretaria, foram intensificadas as vistorias nos presídios e reforçando as equipes de agentes penitenciários e policiais militares.

Apesar do procedimento realizado, a Sejus afirma a segurança nas unidades do Piauí segue dentro da normalidade. A secretaria afirma ainda que a medida é preventivamente com o reforço das equipes e a intensificação das ações de segurança.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi) afirmou que no ano de 2016, 160 presos fugiram de penitenciárias do Piauí e mais 200 fugiram do regime semiaberto. Ainda de acordo com a entidade, no ano passado ano foram reconhecidas 35 mortes dentro do sistema prisional, sendo 16 assassinatos e 19 casos de morte por causa natural.

O secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira, que acompanhou as vistorias realizadas neste sábado (7) na Penitenciária Irmão Guido e na Casa de Custódia, disse que todo o sistema prisional do Brasil está em estado de atenção depois do que ocorreu nas penitenciárias de Manaus (Amazonas) e Boa Vista (Roraima). “Estamos trabalhando com a intensificação de vistorias constantes nos presídios de todo o Estado do Piauí”, afirmou.

G1 PI

Banner MIX Papelaria 728x90

Comentários Facebook