Estudante de Direito é morta com tiro na cabeça em Valença

Estudante de Direito é morta com tiro na cabeça em Valença

Suellen Marinheiro - Foto: Reprodução/Facebook

TELKI-PNEUS-728X90-2016[1]

A estudante Suellen Marinheiro, 21 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça na madrugada deste sábado (15). O crime aconteceu no bairro Novo Horizonte, em Valença, por volta das 2h, na portaria de um clube onde a moça vendia ingressos para uma festa. O assassino é um soldado da Polícia Militar do Ceará que se recusou a pagar R$ 5 pela entrada no local.

63997335-d26b-489a-a7a9-cd5bcd3fff1c
Acusado foi preso em flagrante – Foto: Reprodução/WhatsApp

Segundo informações do Tribuna de Valença, o assassino chegou ao local e tentou entrar na festa, mas teria se recusado a pagar o valor cobrado pela entrada, começando uma discussão com o irmão da vítima.

Suellen tentava apaziguar a confusão quando foi atingida na cabeça por um disparo efetuado por Rafael do Nascimento Oliveira Rosa, soldado da Polícia Militar do Ceará.

A jovem ainda foi socorrida por populares e levada ao Hospital Regional Eustáquio Portela, mas já chegou sem vida.

O responsável pela morte da jovem foi contido pela população e em seguida preso pela polícia da cidade.

O relações públicas do 4º BPM de Picos, tenente Elias Sousa, confirmou que o assassino é soldado da Polícia Militar do Estado do Ceará.

Suellen Marinheiro cursava o 6º período de Direito na Faculdade R.Sá, em Picos.

TELKI-PNEUS-728X90-2016[1]

Comentários Facebook

Email: contato@grandepicos.com.br | WhatsApp: (89) 99409-0245